- DestaquesVARIEDADES

Variante Delta ameaça a superação da pandemia?

Dom Pedrito se prepara e a criação de um comitê extraordinário também pode representar uma postura de prevenção do município

A superação da pandemia é um sonho que acalenta mentes e corações de todos aqueles que almejam retornar a um estilo de vida o mais próximo do que tinham até o começo de 2020, época que o coronavírus chegou ao Brasil. De lá para cá foram muitas as ocorrências – número de infectados e mortes crescendo, desenvolvimento de vacinas, corrida para salvar vidas.

Do começo da imunização da população brasileira até os dias de hoje, milhares de vidas foram perdidas, mas a queda no número de novos casos e a diminuição do número de internados em decorrência da Covid-19 acendeu uma luz no fim do túnel. Por fim pensamos: “ufa, estamos quase lá”. No entanto, as mutações do vírus, naturais, é bom que se diga, acenderam o sinal de alerta e mais perguntas surgiram, como: as vacinas desenvolvidas protegem das variantes? Será necessário a aplicação de mais doses do que o prescrito pelos laboratórios? Corremos o risco de um novo pico da doença depois de estarmos nos encaminhando para uma situação de estabilidade? A variante Delta ameaça a superação da pandemia?

Por incrível que pareça, não há consenso entre autoridades governamentais, tampouco entre especialistas. Entre teorias de conspiração, onde uns defendem a tese de que o vírus foi criado em laboratório e outros defendem tratamentos experimentais, fica a população bebendo de diferentes fontes de informação, as vezes confusa com tantas notícias divergentes.

A despeito de tudo isso, em Dom Pedrito o que vemos é um cenário de queda em todas os indicativos relacionados à pandemia – o número de internados é menor; os pacientes internados em UTI diminuíram, bem como o total de casos ativos diagnosticados.

Recentemente o município de Dom Pedrito criou um Comitê Extraordinário de Superação da Pandemia da Covid-19 e que tem como principal objetivo organizar, planejar e realizar ações para o acompanhamento da retomada pós-pandêmica, o que representa uma postura preventiva do município em relação ao cenário atual.

No entanto, ainda é preciso manter a guarda alta, procurar receber a vacina, atender ao chamado para a segunda dose, manter os hábitos de higiene recomendados pelos profissionais de saúde. Só assim iremos, enquanto comunidade, superar este momento de dificuldade.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios