+++ Conteúdo Patrocinado- DestaquesVARIEDADES

Este app de comida te dá cashback a cada pedido

O Appétit Delivery já distribuiu R$ 700 mil em cashback e afirma ser o único app de entregas a usar modelo no Brasil

Já pensou em comprar comida por aplicativo e ainda receber dinheiro de volta por isso? Essa é a proposta do Appétit Delivery, criado em 2018 e que já distribuiu mais de R$ 700 mil em cashback de lá para cá. A plataforma funciona como uma mistura de iFood com Rappi, disponibiliza produtos de restaurantes, bares e similares, supermercados, farmácias e distribuidores de água e gás.

Ao realizar cada compra, o usuário recebe o cashback — cuja porcentagem varia de acordo com o que cada restaurante oferece — como crédito para próximas compras. No mínimo, 1% do valor gasto com o produto ou refeição é revertido para compras em qualquer estabelecimento cadastrado.

Juliano Matias, sócio da startup, explica que a medida é vantajosa principalmente para pequenos comerciantes. “Imagine que um estabelecimento ofereceu um desconto de 10%. Numa compra de 100 reais, se o usuário usar o desconto, vai entrar no caixa da empresa apenas 90 reais. Já no caso do cashback, o usuário paga 100 reais para o estabelecimento e ganha 10 por cento para comprar novamente e o estabelecimento fica com esse dinheiro no caixa até na virada do mês, quando ele faz o repasse para nós”, afirma.

Segundo dados da empresa, a medida tem dado certo. Mais de 85% dos clientes voltam a comprar no mesmo lugar onde ganharam o primeiro crédito, mesmo com a possibilidade de usar o dinheiro para compras em outro local disponível. Atualmente, a empresa afirma ser o único app de delivery no Brasil que usa essa estratégia, inspirada em programas de benefícios difundidos principalmente na Europa e nos Estados Unidos. E a ideia é crescer cada vez mais.

Entre os apps que podem brigar com eles pelo mesmo espaço, está o AiQFome, comprado pelo Magazine Luiza recentemente e que está em 22 estados e foca em regiões diferentes do tradicional eixo Rio-São Paulo. Outro é o Delivery Much, que tem a proposta de ser “o iFood do interior” e conta com um milhão de usuários. Este último, inclusive, já conta com uma reputação positiva diante de seus usuários. Em uma pesquisa feita pela CVA Solutions, registrou o melhor Valor Percebido (custo-benefício) pelos clientes. Em seguida, estiveram 99Food e One Pizza.

Em um momento no qual consumidores gastam mais com delivery, o Appétit ainda tem o desafio de consolidar a marca diante dos concorrentes. A recompensa está à vista: o gasto médio geral dos pedidos por delivery aumentou de R$ 40,05 para R$ 44,60 em 2021. E os gastos mensais médios aumentaram 9,6%: de R$ 225,06 para R$ 246,71.

Hoje, o Appétit está presente em 69 cidades de 13 estados e, ao contrário dos grandes apps do setor, o foco da empresa está em cidades menores. Até o fim do ano, a meta é chegar em 150 cidades. Com mais de 2,5 mil estabelecimentos cadastrados e 1,3 mil entregadores em operação, a empresa quer se consolidar no “dinheiro de volta” para se diferenciar da concorrência.

Fonte: Revista Exame/Karina Souza.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios