- DestaquesNOTÍCIAS

Aumenta a inadimplência do IPVA na região

Em Dom Pedrito, o percentual até segunda-feira (26/04) era de 24,48%

O calendário de pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA), que encerrou no dia 26 de abril, ainda conta com uma inadimplência de 25,7% em Bagé. A previsão total era arrecadar R$ 29.165.199,62. Desses, R$ 21.694.453,70 milhões foram quitados até segunda-feira. O município recebe 50% e o mesmo percentual vai para os cofres do Estado. No mesmo período em 2020, Bagé registrou uma inadimplência de 20,52%. Conforme informações da 12ª Delegacia da Receita Estadual, neste ano, foram registrados, em Bagé, 35.752 veículos tributados, com pagamento de 24.370 (68,16%). Deste total, 11.382 (31,83%) ficaram em pendência com a Secretaria da Fazenda do Estado.

Em Dom Pedrito, a inadimplência até segunda-feira (26/04) era de 24,48%. Segundo dados da delegacia, a previsão total de arrecadação no município é de R$ 9.402.353,09 milhões, dos quais apenas 75,68% foram quitados, ou seja, R$ 7.115.550,80 milhões. No mesmo período do ano passado, a inadimplência foi de 18,95%, o que demonstra que houve um aumento de 5,53%. Em relação ao número de veículos circulando na cidade, também destacamos um pequeno aumento, de 10.832 em 2020 para 10.978 este ano, sendo que 69,82% (7.665) já tiveram seus tributos quitados. Outros 30,18% (3.313), estão pendentes com a Fazenda Estadual.

Em Aceguá, a previsão de pagamento era R$ 1.820.133,14 e foram pagos R$ 1.476.639,52, um percentual de 19,17%. Ano passado, a inadimplência foi de 13,07%. Candiota registrou uma queda de 31,04% do total previsto, sendo arrecadado R$ 1.401.362,44. Em 2020, a inadimplência foi de 21,36%. Já em Hulha Negra o valor devido era R$ 742.804,44 e foram pagos R$ 551.754,33 (25,9%) enquanto em 2020 a inadimplência ficou em 17,73%.

Pagamento em atraso

Como ocorre todos os anos, o contribuinte inadimplente, além de perder os descontos de Bom Motorista e Bom Cidadão, terá multa de 0,334% ao dia sobre o valor do imposto não pago, até o limite de 20%. A inscrição em Dívida Ativa e envio aos órgãos de proteção ao crédito ocorre 60 dias após o vencimento, quando há o acréscimo de mais 5% sobre o valor do tributo que não foi pago.

O pagamento de IPVA, mesmo vencido, pode ser feito nos mesmos bancos anunciados anteriormente. Neste período de medidas de prevenção e de distanciamento social em razão do coronavírus, a Receita Estadual reforça a opção de pagamento nos aplicativos e home banking do Banrisul, Bradesco, Santander, Sicredi e Banco do Brasil (neste último, somente para clientes). Ainda é possível efetuar o pagamento nas agências lotéricas da Caixa. Para fazer o pagamento basta ter em mãos o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) ou apenas a placa e o Renavam do veículo. A consulta do valor a ser pago, assim como multas e pendências, pode ser feito no site específico sobre o imposto – www.ipva.rs.gov.br –, ou no aplicativo para dispositivos móveis – IPVA RS.

Fonte: Jornal Minuano (Jaqueline Muza) / 12ª Delegacia da Receita Estadual

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios