NOTÍCIAS

WhatsApp Rosa? Novo golpe pode assumir controle de celulares afetados

O golpe se disfarça como se fosse uma atualização oficial do serviço

Um novo malware que visa os usuários do WhatsApp está circulando pelos grupos do mensageiro. A ameaça, chamada “WhatsApp Pink”, envia um link suspeito que promete acesso a “novos recursos” e a mudança do tema do aplicativo da cor verde, marca registrada do serviço, para o rosa. A recomendação dos especialistas em cibersegurança, como de costume, é evitar acessar links suspeitos em qualquer situação. Para atingir mais vítimas, o golpe se disfarça como se fosse uma atualização oficial do serviço.

O aplicativo emitiu uma nota ao site HackRead sobre o problema, declarando que “qualquer pessoa pode receber uma mensagem incomum ou suspeita”. Sempre que isso acontecer, o mensageiro encoraja seus usuários a terem cuidado.

Malware bloqueia conta do WhatsApp

Caso o usuário eventualmente clique no link, seu celular pode ser invadido e a conta do WhatsApp comprometida. A má notícia é que muitos estão compartilhando o vírus sem saber ao certo do que se trata.

O especialista em segurança digital Rajshekhar Rajaharia, que inicialmente descobriu o malware, alertou os usuários: “Cuidado com o WhatsApp Pink! Um vírus está sendo espalhado em grupos do Whatsapp com um link para download de um APK.” Arquivos APK (Android Package) são pacotes destinados ao sistema Android. Ele pode ser comparado, por exemplo, com os arquivos de instalação de software do Windows.

Rajaharia reforça para que os usuários não acessem o link, já que isso também pode travar o acesso ao celular das vítimas: “Não clique em nenhum link com o nome #WhatsappPink. O acesso completo ao seu telefone será perdido.”

Outra dica que vale para evitar dores de cabeça, é não instalar nenhum arquivo em formato APK diferente daqueles disponíveis na Play Store. Segundo o especialista, outros aplicativos maliciosos também podem ser usados ​​para roubar dados pessoais como fotos, SMS, contatos e outros.

Por fim, o WhatsApp pede que os usuários utilizem as ferramentas disponíveis no mensageiro para enviar denúncias em caso de problemas.

Fonte: HackRead – Via Olhar Digital

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios