- DestaquesNOTÍCIAS

Dionatan da Silva Ernesto tem pena alterada pela justiça

Ele foi condenado em julho de 2020 por furtos e tentativas de homicídio

Dionatan da Silva Ernesto teve mais um recurso analisado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul. Tanto Ministério Público como a defesa recorreram da decisão que o condenou a mais de nove anos de prisão em 14 de julho de 2020. O júri foi presidido pelo Juiz Luiz Filipe Lemos Almeida.

Os desembargadores integrantes da Terceira Câmara Criminal – Regime de Exceção do Tribunal de Justiça do Estado, por unanimidade, deram parcial provimento aos apelos defensivos e acusatórios fixando a pena em 09 (nove) anos e 02 (dois) meses de reclusão e 06 (seis) meses de detenção, a ser cumprida no regime fechado.

Dionatan era acusado de vários crime: furtar um poste de energia elétrica na noite de 22 de outubro de 2018 e ameaçar o proprietário; em 2 de agosto de 2019, Dionatan e outro indivíduo efetuaram disparos de arma de fogo contra o proprietário do poste; No dia 15, durante uma operação policial, ele tentou agredir um policial com um facão depois de ser encontrado escondido dentro de uma casa de cachorro, momento em que foi alvejado por três disparos. Mesmo baleado, ele foge e encurralado, entra em luta corporal com um policial civil, sendo contido em seguida.

Fonte: TJ/RS

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios