- DestaquesNOTÍCIAS

Nova medida prevê multa para uso incorreto da máscara

Valor pode chegar a R$ 4.000,00 em caso reincidência

Em live realizada nas redes sociais do Governo do Estado na noite desta sexta-feira (05), o governador Eduardo Leite anunciou novas medidas e restrições que passam a valer na próxima semana. Uma delas, e que chamou bastante a atenção, são as multas que podem ocorrer em caso da não utilização ou uso incorreto da máscara.

A primeira sinalização seria uma advertência ou a multa de R$ 2.000,00, dependendo da situação, e em caso de reincidência o valor dobra para R$ 4.000,00.

O chefe do executivo estadual também anunciou uma medida que promete acatar o pedido dos comerciantes gaúchos que se sentiam prejudicados. Agora, os estabelecimentos comerciais classificados como essenciais, e que por tanto podem funcionar, não poderão vender itens não essenciais e nem deixá-los expostos.

Supermercados, por exemplo, só poderão comercializar alimentos, produtos de higiene e limpeza e alguns outros itens. Não é permitida a venda de roupas, calçados, bazar, eletrodomésticos e itens similares.

“Nossa intenção é reduzir a circulação de pessoas nos supermercados, para que elas se dirijam a esses estabelecimentos apenas para comprar itens essenciais”, explicou o governador em transmissão ao vivo nesta sexta. “Assim, reduzimos a circulação, a entrada e a permanência nesses estabelecimentos”, completou.

O governador também confirmou a bandeira preta em todo estado até o dia 21 de março. Outra medida que permanece por mais tempo, até o dia 31 de março, é a paralisação das atividades não essenciais em todo território gaúcho das 20h às 5h.

Fonte: Uol.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios