- DestaquesNOTÍCIAS

Leite deve aumentar restrições e suspender cogestão por mais duas semanas

Medidas buscam reduzir aumento de casos e frear contaminação no Rio Grande do Sul

O governador Eduardo Leite (PSDB) indicou aos prefeitos, durante reunião nesta tarde, que a bandeira preta e a suspensão da cogestão deverá permanecer por mais duas semanas. Além disso, anunciou novas medidas de restrições. A ideia é tentar conter o avanço da pandemia no Rio Grande do Sul. O encontro buscou avaliar o cenário da pandemia no Rio Grande do Sul. 

Em coletiva, após a reunião com representantes da Famurs e de associações regionais de prefeitos, o governador irá detalhar as medidas. Entre elas estão a venda de produtos nos supermercados. Essa demanda vinha sendo solicitada por alguns setores, que se sentiam prejudicados com a restrição de funcionamento.  

O governo do Estado já havia indicado, em função dos números, que a bandeira preta seria mantida em todo o Rio Grande do Sul por pelo menos mais uma semana. Porém, diante do atual cenário, com um prazo maior será possível identificar resultados mais concretos. 

Fonte: Correio do Povo.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios