- DestaquesNOTÍCIAS

Entenda o que vale a partir de novo decreto lançado pelo Governo Estadual

Dom Pedrito foi classificado em bandeira vermelha, mas pode adotar alguns protocolos de bandeira laranja por conta da cogestão

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Em live realizada no final da tarde de ontem (22), o Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, anunciou a manutenção do sistema de cogestão em todo o estado a pedido dos prefeitos. Esse modelo permite que as regiões adotem protocolos de bandeiras mais brandas. O chefe do executivo estadual também divulgou um novo horário para a restrição de atividades em todo o estado: agora das 20h às 5h devem funcionar apenas serviços essenciais e outras atividades sem a presença de público.

A região de Dom Pedrito foi classificada em bandeira vermelha no mais recente mapa do distanciamento controlado e, devido ao sistema de cogestão, pode adotar protocolos de bandeira laranja.

Também é válido ressaltar que Leite fez um apelo aos prefeitos para que mantenham os protocolos de acordo com a bandeira em que o município foi classificado, para tentar frear o ritmo acelerado de contaminações e internações em todo o estado.

Confira o que vale a partir de hoje de acordo com o decreto:

Podem funcionar das 20h às 5h atividades consideradas essenciais, como farmácias, hospitais, clinicas medicas, assistência social, hotéis, postos de combustíveis e funerárias. Restaurantes, lancherias e bares podem funcionar apenas com serviço de delivery ou pegue e leve, sem receber os clientes no estabelecimento.

Segundo o decreto, não são permitidos “festas, reuniões ou eventos, formação de filas e aglomerações de pessoas nos recintos ou nas áreas internas e externas de circulação ou de espera, bem como nas faixas de areia das praias, calçadas, portarias e entradas dos prédios e estabelecimentos, públicos ou privados”.

O decreto ainda faz uma ressalva ao funcionamento de supermercados, que poderão concluir o atendimento dos consumidores que tenham ingressado até as 20h, desde que não ultrapasse as 21h.

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios