- DestaquesNOTÍCIAS

Morre o músico Telmo de Lima Freitas

Telmo era Policial Federal aposentado e autor da valsa Lembranças, popularizada pelo cantor e gaiteiro Porca Veia

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O músico gaúcho Telmo de Lima Freitas morreu aos 88 anos, em Cachoeirinha, na tarde desta quinta-feira, 18. A informação foi confirmada pela filha do artista, Ione Freitas, e divulgada em nota de pesar pelo MTG, onde era conselheiro honorário. A causa da morte ainda não foi divulgada. O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier, vai decretar luto oficial na cidade de três dias.

Nascido em São Borja, era filho do oficial do exército Leonardo Francisco Freitas e de Mariana de Lima Freitas. Desde cedo demonstrou talento para carreira musical. Aos 14 anos, participou do grupo Quarteto Gaúcho. Compositor, cantor e instrumentista, seu primeiro disco, intitulado “O Canto de Telmo de Lima Freitas”, foi lançado em 1973. Morou durante anos em Uruguaiana e outras cidades do interior como por exemplo Itaqui, durante 4 anos aonde se aposentou como agente da Polícia Federal.

Com seus amigos Edson Otto e José Antônio Hahn, criou o grupo Os Cantores dos Sete Povos, com o qual conquistou o troféu Calhandra de Ouro da Califórnia da Canção Nativa de Uruguaiana, em 1979, com a canção “Esquilador”, marco em sua trajetória. Com o grupo, Telmo participou das 11 primeiras edições do festival. Em 1980, lançou “Alma de Galpão”. Com o álbum “A Mesma Fuça”, recebeu o Troféu Açoriano em duas categorias: melhor compositor e melhor CD regional. É autor do livro de poesias crioulas “De Volta ao Pago”, lançado pela Editora Treze de Maio. Em 2006, o músico gravou em Porto Alegre uma compilação de suas composições, denominada Aparte, com participação de familiares. Ele foi patrono da Semana Farroupilha em 2009.

Fonte: Correio do Povo

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios