- DestaquesNOTÍCIAS

Homem é vítima do golpe do boleto falso

Prejuízo registrado na delegacia foi de R$4.896,00

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Os mais diversos tipos de golpes e estelionato vêm ocorrendo com frequência em Dom Pedrito. Desta vez, vamos relatar um caso de boleto falso e alertar as pessoas de como identificar esse tipo de documento falso.

Um morador de Dom Pedrito registrou na delegacia que sofreu um prejuízo de R$4.896,00 ao pagar um boleto que acreditava ser de quitação de uma dívida de financiamento veicular junto a uma financeira do município.

Ele teria entrado em contato pelo Whatsapp fornecido no próprio site da empresa, mas ao entrar em contato acabou descobrindo que o pagamento não havia sido contabilizado e que ele havia sido vítima de golpe.

Veja abaixo algumas dicas para identificar boletos falsos:

1. Veja se a logo e o nome do banco são iguais

No topo do boleto há a logo do banco emissor e o nome do banco. Cheque se os dois correspondem ao mesmo banco.

2. Confira o número do banco

No Brasil, cada banco tem seu número próprio e único. Você pode acessar uma lista com os números de todos os bancos cadastrados no Banco Central aqui.

3. O nome da loja está no boleto?

Outra forma de conferir se o boleto é verdadeiro é checar a área de “Cedente”.

Nesse campo, deverá estar escrito o nome da loja onde a compra foi feita.

4. Verifique a linha digitável

Sabe os números que você digita no celular ou no caixa eletrônico quando não funciona o código de barras? Essa é a linha digitável do seu boleto.

A quarta forma de confirmar se o banco que você vai transferir o dinheiro é o mesmo que está no boleto, é ver se os três primeiros caracteres da linha digitável são os mesmos que o número do banco previsto pra receber seu dinheiro.

Outra alternativa é verificar se o valor que está escrito no boleto será o mesmo que você estará pagando. Por isso, confira se os números do valor do pagamento estão entre os últimos números da linha digitável, incluindo os centavos.

5. Confirme com o banco e empresa!

Além de checar todas as etapas anteriores, todas as vezes que você receber um e-mail ou tiver dúvidas se o boleto é verdadeiro, entre em contato com a empresa e/ou banco que supostamente gerou o documento.

Fonte: Rede Jornal Contábil.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios