VARIEDADES

Estas áreas prometem manter o RS em alta em 2021

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O Rio Grande do Sul está entre os Estados mais inovadores do Brasil, segundo o  Índice FIEC. Além disso, região que faz parte do Vale do Silício Brasileiro vem ganhando destaque em áreas tecnológicas que abrigam empresas gigantes e startups das mais diversas áreas, além de continuar sendo o celeiro para artistas e esportistas.

A soma de todos os setores contribui para que o Estado esteja na lista dos mais promissores da América do Sul, e ofereça oportunidades de crescimento em tantas áreas diferentes em 2021. E quando falamos em crescimento, não esquecemos do bem estar e qualidade de vida. Estas são algumas pessoas e áreas que prometem continuar se destacando em 2021:

Cultura

2020 pode não ter sido um ano que privilegiou as artes. No entanto, mostrou que elas são um refúgio necessário. Muitos artistas tiveram que se reinventar em meio à crise, e um deles foi Nando Viana, que integra a equipe do programa “A Culpa é do Cabral”.

Dividindo a cena com outros comediantes, Viana procura atentar-se às situações corriqueiras quando se apresenta tanto no programa quanto em seu espetáculo de stand up, o que fez com que seu canal alcançasse a marca de 633 mil inscritos.

Mas os gaúchos também vêm marcando presença na música. A porto-alegrense Gabriella Di Laccio estudou em Londres e cantou desde a música barroca até a contemporânea. Laccio também criou uma plataforma onde promove várias mulheres na música: O projeto chamado “Donne – Woman in Music” posteriormente se tornou uma fundação que promove vozes femininas. Tal presença colocou a soprano como uma das mais influentes do mundo.

Educação e Pesquisas

Di Laccio, diplomada em música antiga, entende que educação é parte fundamental no processo de crescimento. E nessa área há um nome bastante conhecido no cenário nacional, e, por vezes, controverso: Eduardo Bueno. Nascido em Porto Alegre, ele lançou diversos livros que narram de uma maneira descontraída fatos da história no Brasil.

Através de seu canal “Buenas Ideias”, Bueno trata de assuntos sérios com sua já conhecida irreverência. O canal que conta com hoje com 906 mil inscritos parece contrariar a máxima de que estudar é chato. No final de 2020, o escritor também estreou uma série no canal History.

Voltando agora para a área de Pesquisas temos também novidades. Em ano de pandemia finalmente muitos entenderam a necessidade do conhecimento e pesquisas. Recentemente a Universidade de Caxias do Sul divulgou os resultados de uma pesquisa realizada com a planta miraruína para diabetes.

Os estudos liderados por três professoras e a mestranda Manuela Merlin Laikowski trouxeram no fitoterápico que pode ser utilizado no tratamento de diabetes. O medicamento já patenteado mostra ser uma alternativa para diversos pacientes, já que será bem mais barato que outros remédios para a doença. Outros estudos em andamento prometem movimentar ainda mais a saúde e outras áreas.

Esportes

É bastante claro que o Rio Grande do Sul possui alguns dos esportistas de maior destaque no cenário mundial. Um deles é o atacante Douglas Costa, que atualmente brilha no time de futebol do Bayern de Munique. Com um salário avaliado em mais de 6 milhões de euros por ano, o sapucaiense que pertence ao Juventus tem um valor de mercado avaliado em 20 milhões de euros. Esses valores prometem crescer ainda mais, caso se confirma sua ida definitiva para o Bayern. Além dele outros atletas brilham dentro e fora dos estádios.

Os esportes, como podemos perceber, estão no sangue do gaúcho. Mas não somente nos esportes físicos, como também naquele que é considerado o esporte da mente. E exemplos não faltam. Um deles é Renan Bruschi, jogador de poker em ascenção que em 2020 venceu o WPT Mini ME Championship e levou para casa $ 504 mil, garantindo o bicampeonato brasileiro em setembro. Outros nomes que também tiveram bons resultados em 2020 e prometem crescer ainda mais este ano são Bernardo Dias (Bedias) e Régis Kogle (o Capotinha).

Startups e desenvolvimento

Como citamos no início dessa matéria, o RS vem se tornando um celeiro, tanto de grandes empresas quanto de pequenas e inovadoras. Essas empresas chamadas de startups ou unicórnios apresentam iniciativas que atraem o consumidor de diversas áreas. Uma delas é a Cíngulo, que criou um aplicativo que promete ajudar na saúde mental através de pequenos exercícios guiados.

A empresa sediada em Porto Alegre monta vários planos que variam de preço conforme a necessidade do cliente. Empresas como a Cíngulo são uma promessa, já que no último ano houve um grande aumento no número de pessoas que buscaram terapia e descobriram que podem obtê-lo de maneira online.

Outro setor que obteve avanços e promete seguir crescendo é a gestão empresarial, ainda mais em tempos onde a automatização ganha espaço. Com isso, empresas como a Elevor, de Passo Fundo, já contam com mais de 900 clientes que utilizam seus serviços voltado à gestão empresarial, e-commerce e administração de microempresas.

Esses são apenas alguns exemplos de áreas que devem manter o crescimento em 2021. No entanto, vale lembrar que há outros nomes que devem surgir no meio do caminho, afinal, estamos apenas em janeiro.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios