NOTÍCIAS

Têm início as vacinações contra a Covid-19 em Bagé

Primeira bageense à receber a vacina foi uma técnica em enfermagem de 78 anos

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Por volta das 18h20 desta terça-feira (19), a primeira bageense recebeu a dose da vacina contra a Covid-19. Vani Rodrigues Domingues, de 78 anos, é técnica em enfermagem e trabalha com coleta laboratorial. Depois dela, tomaram as doses a médica da rede municipal, Salete Terezinha Glaschek, de 67 anos, e em seguida, a radiologista Viviane Chagas Etchvarria, ela tem hipertensão e trabalha na UPA e na Santa Casa de Caridade. As três receberam a primeira dose do imunizante, em ato simbólico, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal.

Nesta quarta-feira (20), será realizada a vacinação em todos os idosos que residem nos lares de longa permanência do município, nos quilombolas e nos servidores da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Nesta primeira etapa de imunizações, também serão vacinados os profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia que trabalham na Santa Casa de Caridade. A expectativa da Secretaria de Saúde de Bagé é iniciar na quinta-feira (21) as vacinações dos servidores da rede de saúde do município, que atuam nas unidades de atendimento, os postos de saúde.

“O ser humano precisa ter humildade o suficiente para saber que precisamos uns dos outros. Ter fé e acreditar em Deus. E acreditar na ciência”, disse emocionado o prefeito municipal, Divaldo Lara. Em seu pronunciamento, o prefeito relembrou que a região de Bagé é a de menor incidência na contaminação da Covid-19. E salientou a expectativa de que até o início do inverno todas as pessoas dos grupos prioritários estejam vacinadas.

O coordenador da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde, Carlos Magno Cesarino, explicou que, daqui há aproximadamente duas semanas, mais 1300 doses da vacina devem chegar a Bagé garantindo, assim, que a segunda dose da vacina seja aplicada. A chefe da enfermagem do município, Liliane Gasparoni, explica que para alcançar a imunização desejada cada pessoa recebe duas doses da CoronaVac, com um intervalo de 14 dias.

Como será feita a vacinação

Para receber as doses da vacina é necessário apresentar, no momento da vacinação, o cartão SUS ou o CPF. Os dados do vacinado serão inseridos no sistema criado pelo Ministério da Saúde e a pessoa receberá um cartão de vacinação. Desta forma, não é necessário possuir caderneta de vacinação e as equipes de saúde têm o controle sobre quem recebeu as doses.

A enfermeira Liliane alerta para os cuidados pós vacinação: o uso de máscara, higienização frequente das mãos e distanciamento social devem ser seguidos. Apenas após receber a segunda dose da vacina, que acontece 14 dias após a primeira, que o organismo atinge os níveis desejados de imunização contra a doença.

“O Brasil começa um pouco atrasado, mas tem dois grandes aliados que são a Fiocruz e o Instituto Butantan. No máximo em 30 ou 40 dias seremos exemplo para o mundo”, reforçou o vice-prefeito Mário Mena Kalil. Ele ainda enalteceu o papel do Sistema Único de Saúde, o SUS, que é maior programa de assistência em saúde do mundo. Mais doses da vacina devem ser distribuídas aos estados e municípios nas próximas semanas. Na medida em que as doses cheguem ao município, serão realizadas as imunizações dos demais grupos prioritários.

Fonte: Prefeitura Municipal de Bagé

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios