- DestaquesNOTÍCIAS

Mulher presa na “Operação Sicário” teve recurso negado pela Justiça

Defesa havia impetrado habeas corpus com pedido liminar na 1ª Câmara Criminal

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O Desembargador Honório Gonçalves da Silva Neto, decidiu negar o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de uma mulher presa na “Operação Sicário” ocorrida em setembro do ano passado em Dom Pedrito. A defesa alegava que ela estava presa preventivamente por envolvimento na prática de crimes ligados ao tráfico de drogas. Em seu pedido, argumentava o direito de prisão domiciliar para a acusada, pois a mesma teria obtido a substituição da prisão cautelar por medidas diversas da prisão, por decisão da 3ª Câmara Criminal, o que não teria ocorrido em razão da atribuição de efeito suspensivo ao recurso interposto pelo Ministério Público. Mesmo com os argumentos, o desembargador indeferiu o pedido, tornando sem efeito s provimentos determinados na decisão anteriormente proferida.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios