NOTÍCIAS

Mesmo com chuvas do fim de semana, Bagé permanece em situação de emergência

Decreto municipal proíbe a utilização de água tratada para diversas atividades

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Embora a chuva do final de semana tenha ajudado a recuperar um pouco o volume de água das principais barragens em Bagé, a estiagem dos últimos meses manteve a condição da Rainha da Fronteira em situação de emergência. Desde a última sexta-feira (15), está vigente decreto municipal que proíbe a utilização de água tratada para atividades como postos de lavagem de veículos, irrigação de gramados e jardins, abastecimento de piscinas de clubes, de entidades e domésticas, lavagem de carros e calçadas, passeios públicos, fachadas e pátios.

Com isso, o Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb) pede para a população continuar com as medidas de consumo consciente, assim como também informar sobre situações de desrespeito ao decreto. Nos próximos dias, novas análises sobre a situação das barragens e condição de chuvas serão discutidas para decidir medidas como a possível retomada do racionamento na cidade.

Na segunda-feira (18), o nível da barragem da Sanga Rasa estava em 3,2 metros negativos. Já a barragem do Piraí com 1,7 metros abaixo do nível. E a Emergencial no seu limite máximo. O acumulado de chuvas de janeiro, até o momento, foi de 104 milímetros.

Fonte: Em Pauta Bagé

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios