- DestaquesNOTÍCIAS

Operação Gatunos: quatro pessoas são presas

Investigações foram conduzidas pela Decrab de Bagé

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

A Polícia Civil e a Brigada Militar Dom Pedrito deflagraram na tarde destra quinta-feira (07) a Operação Gatunos, onde foram cumpridos mandados de prisão preventiva e seis de busca e apreensão após investigações em crimes de abigeatos cometidos no interior do município. A operação foi coordenada pelo Delegado André Mendes e a investigação foi conduzida pela Delegacia de Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) de Bagé.

Pouco depois das 12h, seis viaturas se deslocaram aos endereços previstos nos documentos. Foram cumpridos os mandados nas ruas Mércio Marques Cordeiro (a rua dos trilhos), Patrocínio de Oliveira (Beco dos Garridos) e no Meu Norte.

As Investigações iniciaram em agosto de 2020. Segundo informações da Polícia Civil, o grupo realizava crimes praticamente todas as semanas roubando bovinos e ovinos, carneando o animal posteriormente no local, de forma clandestina, para finalmente comercializar a carne e os pelegos dos ovinos.

Já os animais bovinos eram trazidos para a zona urbana em carros de passeio e até mesmo barcos, quando os locais do abigeato ficavam próximos ao Rio Santa Maria.

Ainda de acordo com informações dos policiais, no mês de outubro de 2020 já haviam sido cumpridos mandados de busca e apreensão na residência dos suspeitos, quando foram localizados objetos úteis para o trabalho investigativo, como por exemplo pelegos e armas de fogo.

A operação levou o nome de GATUNOS pela forma com que alguns produtores vítimas do bando se referiam a quem teria lhes furtado animais. O inquérito policial que apura os fatos encontra-se em estágio avançado, devendo ser encaminhado ao Poder Judiciário nos próximos dias.

Fonte: Polícia Civil.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios