NOTÍCIAS

Papa Francisco confessa tristeza ao ver viagens de férias durante isolamento

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O papa Francisco confessou neste domingo (3) estar “entristecido” por ver diversas pessoas pensando no seu bem-estar, nas suas férias, enquanto outros sofrem neste momento em que o mundo inteiro é afetado pela pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), que já provocou a morte de mais de um milhão de pessoas.

Durante a oração do ângelus na biblioteca do Palácio Apostólico, com transmissão online, o Pontífice criticou as atitudes egoístas da sociedade e questionou as viagens de férias nos países em confinamento para conter a disseminação da covid-19.

“Li nos jornais uma coisa que me entristeceu bastante: num país, já não me lembro qual, para fugir do lockdown e fazer férias, saíram, numa tarde, mais de 40 aviões. “Estas pessoas, que são pessoas boas, não pensaram nos que ficavam em casa, nos problemas econômicos de tantas pessoas que o confinamento deitou por terra, nos doentes? Só em fazer férias, desfrutar o próprio prazer. Isto me deixou muito triste.” disse o Papa Francisco

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios