NOTÍCIAS

Notas de R$ 200 encalham e menos de 10% do prometido circulam na economia

O Banco Central correu para lançar a nova cédula de R$ 200. Uma das razões era a demanda extraordinária gerada pelo pagamento do auxílio emergencial aos brasileiros mais pobres que, muitas vezes, não têm conta bancária. A cédula foi lançada no fim de julho com a promessa de 450 milhões de unidades com o lobo guará ainda em 2020.

A duas semanas da virada do ano, porém, nem 10% do volume prometido chegou ao bolso dos brasileiros. A queda do valor do auxílio emergencial pela metade é apontada como uma das razões para o “encalhe” das notas. 

Dados do Banco Central mostram que 43,7 milhões de cédulas de R$ 200 circulavam na economia na sexta-feira passada, 11 de dezembro. O volume equivale a 9,7% do prometido pelo BC.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios