- DestaquesNOTÍCIAS

Os gafanhotos estão voltando?

Insetos apareceram em lavouras no Noroeste do Estado

Técnicos da Secretaria da Agricultura foram acionados para verificar dois focos de gafanhotos em localidades dos municípios de Santo Augusto e São Vicente do Sul, no noroeste do Estado. Segundo o chefe da divisão de Defesa Vegetal da Secretaria da Agricultura, Ricardo Felicetti, uma equipe está no local e, a hipótese, neste momento, é de que seja uma infestação local:

— Tudo indica que não se trata da espécie migratória sul-americana.

Também não teriam origem na região de Missiones, na Argentina, onde na semana passada o Serviço Nacional de Saúde e Segurança Agroalimentar (Senasa) identificou gafanhotos do gênero Zoniopoda e da espécie Chromacris speciosa. Apesar de próximos, a cerca de 20 quilômetros da gaúcha Porto Xavier, os tipos detectados lá têm pouca mobilidade e não andam em grupos. Mas podem ter o desenvolvimento local favorecido pelo tempo quente e seco. Razão pela qual que há dois grupos de técnicos da Secretaria da Agricultura fazendo diligências na Fronteira e outro na Região Noroeste. 

— As condições da região são muito propícias para infestações —  explica Ricardo Felicetti, chefe da Divisão de Sanidade Vegetal da Secretaria da Agricultura.

Há cinco meses, nuvens na Argentina do gafanhoto migratório sul-americano (Schistocerca cancellata) deixaram o Estado em alerta e levaram ao decreto de emergência fitossanitária no sul do país. Especialistas apontam que aqueles grupos foram controlados em ações das autoridades argentinas, impedindo o desenvolvimento de novas gerações. 

Canais de comunicação de surtos

  • WhatsApp: (51) 8412 9961
  • E-mail: vigifito@agricultura.rs.gov.br
  • Atendimento DDSV: (51) 3288-6289 / 3288-6294

Fonte: Gisele Loeblein/GaúchaZH

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios