- DestaquesNOTÍCIAS

Privatização dos Correios deve ocorrer até final de 2021, diz ministro das Comunicações

77% dos brasileiros querem um modelo que seja ele privatização, concessão ou venda de ações, afirmou o ministro das Comunicações, Fábio Faria

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Em entrevista ao programa ‘Opinião no Ar’, da RedeTV!, nesta sexta-feira (20), o ministro das Comunicações, Fábio Faria, comentou sobre o projeto de lei que propõe a privatização dos Correios.

De acordo com ele, o texto já foi foi entregue para a Casa Civil e seguirá em análise até passar pelo Congresso Nacional.

“Tem que passar pela Câmara e pelo Senado e nós iremos acompanhar todo o processo”, explicou.

“Concomitante a isso, o Ministério da Economia contratou uma consultoria e eles estão fazendo o trabalho, e até janeiro, que será mais ou menos o período em que o Congresso irá retomar as atividades no ano que vem, nós teremos também a ajuda da consultoria. Tenho plena convicção de que até o final do ano que vem nós teremos esse imbróglio resolvido. Hoje recebi os números da consultoria e são impressionantes: 77% dos brasileiros querem um modelo, que seja ele privatização, concessão ou venda de ações”, acrescentou.

Ao ser questionado sobre uma possível candidatura à Presidência da Câmara dos Deputados em 2021, Fábio Faria negou a intenção, afirmando que pretende apoiar o candidato que tiver o compromisso com as bandeiras do presidente Jair Bolsonaro

“Estou exercendo o papel no Ministério das Comunicações e tem muita demanda lá. Nosso Ministério é transversal, dialoga com os outros 23. Então, qualquer ministério que irá lançar algum projeto para enviar à Câmara ou comunicar alguma coisa, conversa com Comunicações. Eu vejo hoje que, no meu papel no governo, posso ajudar muito mais onde eu estou. O governo tem candidatos que já estão trabalhando há algum tempo para tentarem sair vitoriosos da eleição da Câmara”, concluiu.

Fonte: Conexão Política

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios