NOTÍCIAS

Rosário do Sul é palco da Operação Arandu entre Brasil e Argentina

Treinamento vem sendo planejado desde 2017

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O Campo de Instrução Barão de São Borja (CIBSB) em Rosário do Sul e parte de Cacequi está recebendo um grande número de militares e viaturas para a realização da Operação Arandu, de 14 a 20 de novembro. O exercício, combinado entre os Exércitos do Brasil e Argentina, também fortalecerá a diplomacia militar dos dois países. São mais de 2 mil militares e mais de 400 viaturas e aeronaves. A Operação Arandu vem sendo planejada desde 2017, nas operações Hermandad, Yaguareté e Saci/Duende.

Os militares brasileiros e argentinos estarão integrados, com a realização de treinamentos e emprego de viaturas blindadas, operações aeromóveis, aeroterrestres e operações especiais, realizando ações de aproveitamento do êxito e junção, em um quadro tático de combate convencional. Entre as atividades, destacam-se a transposição de curso d’água, garantindo a mobilidade da tropa diante de obstáculos aquáticos, além do emprego de foguetes do Sistema Astros.

Resultante de um compromisso internacional entre Brasil e Argentina, a Operação Arandu fortalece a diplomacia militar entre os dois países, consolidando os laços de união, cooperação e amizade. Além disso, entre os objetivos, estão as trocas de experiências doutrinárias, estabelecendo padrões comuns de trabalho combinado, consolidando lições aprendidas, entendimento mútuo das táticas, técnicas e procedimentos a serem empregados pelas organizações militares das duas Nações participantes.

Conforme o Comando Militar do Sul, participarão da operação 2.292 militares das duas nações, 344 viaturas sobre rodas operacionais, 63 viaturas administrativas e 83 viaturas blindadas sendo elas: 27 Leopard 1A5, 14 VBC Guarani, 2 Gepard 1A2, 3 M109A5BR, 10 VBC Cascavel, 03 VBC Urutu e 26 M113.

De Formosa, Goiás, partiu ao amanhecer desta segunda-feira (9), um comboio militar trazendo seis unidades de tiro do Sistema Astros, pertencente ao 16º Grupo de Mísseis e Foguetes que estarão na Operação Arandu, em Rosário do Sul. As unidades são transportadas em carretas do Exército e percorrerão 2,3 mil km para participar da operação. A mobilidade estratégica terrestre dos Astros é importante para seu emprego em qualquer local do Brasil. O Sistema de Foguetes Astros fez em Rosário do Sul no início dos anos 2000 o seus primeiros tiros durante grande exercício militar naquela época.

Em vídeo publicado no Comando Militar do Sul o Coronel Rodrigo Ferrar Silva – Chefe do Centro de Coordenação de Operações do Comando Militar do Sul explica que o exercício é a conclusão de um ciclo com o exercício no Saicã. “A Tropa combinada realizará as ações críticas de aproveitamento do êxito, junção, assalto aeroterrestre, assalto aeromóvel, ação direta e transposição de obstáculos. Essas ações táticas estão inseridas dentro de uma manobra com ênfase no combate convencional e emprego de blindados. Por fim a operação Arandu tem por finalidade o adestramento da tropa e estados maiores combinados e fortalecimento diplomacia militar com o Exército argentino”, explicou o Coronel.

Foto: Julio Lemos / Gazeta de Rosário

Qwerty Portal de Notícias |

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios