- DestaquesNOTÍCIAS

Brigadiano de Dom Pedrito é homenageado pelo 6º RPMon

2º Sargento Carlos Giovane Cabreira dos Santos recebeu ao homenagem por ocasião de sua passagem para a reserva

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O Dia do Inativo foi instituído em 12 de novembro de 1981, proposto pelo tenente-coronel Alfeu Rodrigues Moreira e aprovado pelo então comandante-geral, coronel Milton Weyrich, com o objetivo de homenagear aqueles que integraram a Brigada Militar (BM).

A BM comemora esta data homenageando todos os Policiais Militares (PMs) que foram transferidos para reserva, como forma de valorizar e reconhecer todos aqueles que contribuíram com a história da corporação. Neste momento devido à pandemia do Covid-19 as formaturas presenciais estão reduzidas de maneira a evitar aglomerações.

Desta forma, o 6º RPMon presta uma singela homenagem a todos os inativos, através da representação daqueles PMs que foram neste ano de 2020, transferidos para Reserva Remunerada (RR), contando um pouco da trajetória profissional de cada um.

No corrente ano tivemos 11 (onze) servidores que encerraram seu tempo no serviço ativo e mais cinco servidores os quais encerraram seu tempo no serviço ativo pela segunda vez, ou seja, já tinham sido transferidos para reserva remunerada e retornaram como voluntários pelo Programa Mais Efetivo (PME), servindo três em Bagé, um em Aceguá e um em Candiota.

Cabe salientar, que o 6º RPMon, abrange oito municípios da área do Comando Regional da Fronteira Oeste, entre eles, Bagé, Aceguá, Hulha Negra, Caçapava do Sul, Lavras do Sul, Santana da Boa Vista e Dom Pedrito. Assim, dos PMs os quais representarão os “Inativos”, com um resumo de suas trajetórias profissionais na BM, temos sete os quais encerraram as atividades no município de Bagé, um em Caçapava do Sul, dois em Lavras do Sul e um em Dom Pedrito – O 2º Sgt Carlos Giovane Cabreira dos Santos.

Sobre o homenageado

Carlos Giovane Cabreira dos Santos ingressou nas fileiras da Brigada Militar em 24 de novembro de 1988, concluiu o curso de formação de soldados em setembro de 1989. Em 1990 foi transferido do 6º RPMon para o 9º BPM em Porto Alegre, servindo naquela unidade por um ano. Em 1991 foi transferido do 9º BPM para o 6º RPMon, em Dom Pedrito, onde foi lotado durante toda a sua carreira de policial militar. Trabalhou na Força Tarefa (Operação Canarinho), no Presídio Central de Porto Alegre, atualmente denominado cadeia pública de Porto Alegre. Atuou na graduação de soldado até o ano de 2013, quando foi promovido a 3º Sgt. Desempenhou atividades como auxiliar de serviço externo, como responsável pelo GOE, entre diversas ações operacionais. Exerceu atividades no setor de inteligência, no setor de planejamento e no cartório de trânsito, desempenhando funções administrativas com dedicação e comprometimento. Foi agraciado com 3 medalhas por tempo de serviço pelos excelentes serviços prestados.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios