NOTÍCIAS

Mais de 230 pacientes aguardam resultados de testes da covid-19

Mais de 8,5 mil testes já foram realizados

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

No último boletim divulgado pela prefeitura de Bagé, uma informação chamou atenção: O número de suspeitos de covid-19 – pessoas que aguardam resultados dos exames já realizados – chegaram a 235. Na última quarta-feira (21/10) o número era ainda maior 301 casos. Já são mais de 8,5 mil exames realizados e o total de registros da doença na Rainha da Fronteira é de 1 266. A notícia boa é que 1 187 pessoas são consideradas recuperadas da doença. O titular da Secretaria de Saúde e Atenção à Pessoa com Deficiência, Geraldo Gomes, explicou que o expressivo número de casos suspeitos é decorrente de um atraso na divulgação dos resultados. Antes dos últimos boletins, Bagé ficou três dias sem receber resultados dos exames e, nesse período, ocorreram novas coletas.

Por outro lado, ele admite que a procura pelos testes de coronavírus segue e que o número de coletas diária varia muito conforme os critérios do profissional que avalia o suspeito. Para ter uma ideia, conforme Gomes, na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA 24 Horas), há dias em que ocorrem 16 coletas, mas, em outros, o número de testes pula para 40. Especificamente, porém, sobre a atual situação, comentou que, recentemente, na área da Educação, após um profissional ser apontado como suspeito, mais 45 coletas foram realizadas.

Nenhum desses resultados ainda é conhecido, mas Gomes explica que as 45 coletas ocorreram por segurança. A previsão é de divulgação desses testes, especificamente, entre hoje e segunda-feira. Após, pontuou o secretário, o número de casos suspeitos deve normalizar porque a média, segundo ele, tem se mantido, salvo quando ocorrem situações como a citada. “A tendência é esse número se normalizar. A média é a mesma”, enfatizou, ao pontuar, ainda, que o número de internações continua baixo.

Sobre o motivo dos atrasos nas divulgações dos resultados dos testes, Gomes esclareceu que, atualmente, há duas situações: Casos graves, ou seja, pessoas que acabam sendo hospitalizadas com suspeita de coronavírus, têm o material coletado e encaminhado para o Lacen, em Porto Alegre. Tais exames têm seus resultados conhecidos, em média, em dois dias. Quando os casos não tem uma gravidade, o material é remetido para Pelotas e, posteriormente, para o Rio de Janeiro. Neste caso, em média, 10 dias são necessários para uma divulgação de resultados. Bagé aderiu ao projeto Testar.

Internações em Bagé e região

O titular da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde, o médico Ricardo Necchi, divulgou informações sobre as internações em Bagé e região atualizadas na tarde de ontem. Na Santa Casa de Caridade Bagé, 13 pessoas estão internadas em leitos clínicos – são três casos suspeitos e 11 confirmados da doença. Todos são de Bagé. Além disso, há uma pessoa com suspeita de coronavírus internada em leito clínico pediátrico. Também de Bagé.

Na UTI, há três internados: Dois são casos suspeitos e um confirmado de covid-19. Todos de Bagé. No Hospital Universitário, não há nenhum internado com suspeita ou confirmação de coronavírus. Na região, destaque para o hospital da Colônia Nova, em Aceguá, onde não há pessoas com covid internadas. Também é zero o número de internados em Lavras do Sul. Em Dom Pedrito, não há internados em leitos clínicos, mas dois estão na UTI: Um é caso confirmado de covid-19 e outro é suspeito. Ambos da Capital da Paz.

Fonte: Folha do Sul

Qwerty Portal de Notícias |

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios