NOTÍCIAS

Rede Sismográfica confirma abalo de magnitude de 2.0 graus na Escala Richter em Bagé

Força-tarefa buscará encontrar local de impacto, ainda não confirmado, nesta quinta-feira

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Na terça-feira, dia 6, foi registrado, nas estações da região Sul da Rede Sismográfica Brasileira (RSB), um evento antrópico (possivelmente uma explosão ou um desmonte) às 12h44min (horário de Brasília), com energia equivalente a um sismo com magnitude 2.0 graus da Escala Richter. A localização foi bem próxima à região de Bagé. Como parece se tratar de uma provável explosão/desmonte, o evento não consta no catálogo de sismos, mas foi confirmado pelo órgão ao Jornal Minuano.

Leitores do JM haviam relatado, para a reportagem que, por volta das 13h da terça-feira, ouviram um barulho muito forte, parecendo uma explosão. O som foi percebido na região do Cerro, próximo à Rua do Acampamento, no bairro Arvorezinha e também próximo à área central. Além disso, outros depoimentos, posteriores, deram a entender que o alcance foi maior, até porque a ocorrência de tremores chegou a ser mencionada por alguns internautas que estavam em diferentes pontos da cidade.

Segundo o Corpo de Bombeiros, houve chamados de moradores do Passo do Príncipe. A apuração inicial era de que algum tipo de artefato explosivo tivesse sido usado em uma obra. Contudo, isso não foi confirmado até o fechamento desta edição. Conforme o chefe da Comunicação Social da 3° Brigada de Cavalaria Mecanizada do Exército Brasileiro, Jomane Cordeiro, não chegou nenhuma informação sobre a explosão ao órgão. Ele disse que a equipe do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados tem uma agenda que faz inspeção de todas explosões programadas da região de abrangência e afirmou: “Essa explosão não é de conhecimento nosso”.

Meteoro?

O coordenador da Defesa Civil, Everton Kaupe, destacou, na quarta-feira, após o início de uma apuração pela cidade, que estava em umas entregas de cestas básicas, no bairro Stand, quando sentiu o tremor e escutou o barulho. “Entramos em contato com o coordenador regional da Defesa Civil, capitão Rinaldo Castro, que nos passou a possibilidade de que tenha caído um meteoro na região, pois em Caxias do Sul, há alguns dias, teve um evento desses”, relatou.

Kaupe enfatizou que a Defesa Civil e seus voluntários já realizaram buscas em algumas regiões e que irão fazer uma força-tarefa, nesta quinta-feira, dia 8, com uma equipe de seis pessoas. “Buscaremos encontrar onde pode ter caído esse ‘meteoro’. Vamos vasculhar os locais, onde o barulho foi mais intenso”, comentou.

Qwerty Portal de Notícias | Divulgação

Especialistas avaliam possibilidade

De acordo com o professor Horácio Dottori, do Laboratório de Astrofísica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), este tipo de barulho pode ser oriundo de um meteoro ou meteorito passando pelo local e caindo, mas, também pode ser relativo a outras situações.

Já o professor Carlos Fernando Jung, do Laboratório de Observação de Meteoros e também da UFRGS, informou que não foi possível registrar nada devido à nebulosidade existente no momento do estrondo. “Pode ter sido sim uma queda maior. O som de uma explosão pode ser devido à queda do meteoro”, comentou ele.

Fonte: Jornal Minuano

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios