- DestaquesVARIEDADES

Qwerty Editorial | Em Bagé está tudo liberado?

Em plena pandemia, festas clandestinas, aglomerações em praças e muitas reclamações

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Desde o mês de março, o Brasil todo, assim como o resto do mundo, está enfrentando uma das maiores pandemias já vistas: a Covid-19. Muitas medidas de contenção foram adotadas na maioria dos lugares, mas após seis meses de distanciamento social, a paciência de muitos já não é a mesma frente às regras de prevenção.

Municípios também começam a flexibilizar seus decretos e decisões, como é o caso de Bagé, que fica a aproximadamente 70 quilômetros da Capital da Paz. Há alguns dias foi divulgada a liberação de provas campeiras na Rainha da Fronteira, seguindo a indicação do Governo Estadual.

Mas na região, também correm burburinhos, fotos e comentários de outras práticas que estariam acontecendo em Bagé, como festas, pagodes e aglomerações em praças. Todas essas atividades são regulamentadas com restrições e regras de distanciamento social.

No final de semana, uma festa clandestina teria sido fechada pela fiscalização da cidade, o que provocou muitas acusações nas redes sociais de outros eventos que estariam ocorrendo, mas que não teria a mesma atenção dos órgãos competentes.

Mas será que as autoridades bageenses não tem conhecimento sobre tais eventos ou o peso das eleições está influenciando nas decisões desse governo?

É difícil bater o martelo sobre esse detalhe, mas o fato é que os números de casos de Coronavírus na nossa vizinha continuam crescendo a cada dia e fazem com que a região número 22, na qual Dom Pedrito faz parte, permaneça na bandeira laranja semana pós semana.

Apesar da pouca efetividade da fiscalização nesses possíveis casos, vale ressaltar que mais do que uma responsabilidade do poder público em impedir essas atividades, está na sociedade em respeitar as regras de distanciamento e prevenção da doença que já matou mais de 100 mil pessoas no país.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos da novela da pandemia nos pampas gaúchos.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios