- DestaquesNOTÍCIAS

AUXÍLIO EMERGENCIAL | Os cuidados para evitar golpes e fraudes

Confira algumas dicas de segurança para não cair nessa espécie de golpe

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Um dos golpes que surgiram durante a pandemia do coronavírus são os sites, aplicativos falsos e empresas relacionadas ao resgate do auxílio emergencial de R$600, criado pelo governo federal. Os golpistas se aproveitam da necessidade das pessoas se cadastrarem para receber o benefício, para roubar os dados pessoais, número de CPF e informações sigilosas, como contas bancárias e endereço.

Para o auxílio emergencial, as pessoas só devem buscar os canais oficiais da Caixa Econômica Federal, do Ministério da Cidadania e da Dataprev para informações e acesso aos serviços. Neles são utilizados fatores de criptografia para garantir a segurança dos usuário no processo. Confira abaixo algumas dicas de segurança para não cair nessa espécie de golpe: 

Os cuidados para proteger os dados pessoais:

Links para páginas falsas: O fraudador encaminha e-mail, SMS ou mensagem pelas redes sociais, se passando por um amigo ou uma empresa conhecida e contendo dados do próprio cliente, para induzi-lo a clicar em um link que o direciona para páginas falsas, criadas com intuito de capturar senhas e dados confidenciais. O link também pode levar à instalação de programas espiões, que podem ficar ocultos no celular ou computador, coletando informações de navegação e dados do usuário.

Fake news: Antes de compartilhar informações sobre a epidemia e o auxílio emergencial, procure em veículos confiáveis e fontes oficiais para confirmar se é realmente é verídico, tais como: Ministério da Saúde; Ministério da Cidadania; Ministério da Economia; Secretaria Especial de Previdência e Trabalho; Caixa; Dataprev; jornais e sites de relevância.

Navegadores e antivírus: Não utilizar programas de navegação (browser) e antivírus desatualizados, pois deixará seu computador mais vulnerável às ameaças cibernéticas. Utilizar programas que visam manter a segurança eletrônica dos seus dados e de seus familiares. Além dos antivírus, existem programas conhecidos como firewall pessoal, que monitoram comportamentos considerados suspeitos no computador.

Certificado e https: O “S” em HTTPS, protocolo que aparece antes do endereço dos sites, indica a conexão é segura para a inserção de dados. Para conferir o Certificado de Segurança do site, deve aparecer a imagem de cadeado antes do endereço, e então o usuário pode clicar neste cadeado para verificar este certificado e sua data de validade.

Navegação em ambiente digital Caixa: A Caixa jamais pede senha e assinatura eletrônica numa mesma página. A assinatura eletrônica é digitada somente por meio da imagem do teclado virtual. A Caixa não envia SMS com link. A Caixa só envia e-mails se você autorizar.

Fique atendo às dicas de segurança:

– Banco não liga nem encaminha links por SMS, WhatsApp ou e-mail pedindo atualização dos dados, sincronização de token ou desbloqueio de cartão;

– Site oficial para se cadastrar para receber o auxílio emergencial é https://auxilio.caixa.gov.br; app CAIXA; Auxílio Emergencial e central de atendimento pelo telefone 111;

– O cadastramento para receber o auxílio emergencial também pode ser realizado pelo app específico da Caixa, que deve ser baixado apenas na loja oficial de aplicativos do sistema operacional do seu dispositivo;

– Não clique em nenhum link. Digite, no navegador, o endereço eletrônico do banco ou da loja em que pretende realizar a transação ou compra;

– Sempre baixar qualquer aplicativo apenas da loja oficial do sistema operacional do seu dispositivo;

– Não repasse seus dados para nenhuma pessoa intermediar a concessão do auxílio emergencial. Apenas a Caixa avalia e confirma quem é elegível ao benefício e eles não procuram as pessoas ou usam serviços de terceiros;

– O banco não entra em contato para pedir cadastro de favorecido, transferências, transações para testes ou estorno de valores nem desbloqueio de cartão;

– O banco não entra em contato para dizer que sua conta será bloqueada por falta de atualização cadastral;

– Também não envia ninguém em sua casa para retirar seu cartão, notebook, computador, tablet, celular ou o chip dele;

– Como também não entra em contato para pedir atualização ou sincronismo de token

– Fique atento a links encurtados e desconhecidos por sms ou e-mail. Não clique nem informe seus dados

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios