NOTÍCIAS

Bagé mantém média de pedidos de seguro-desemprego durante pandemia

Em julho, foram 261 encaminhamentos, 37 a menos do que no mês anterior

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Desde o mês de março, que marcou o início da pandemia no país, empresas têm demitido funcionários numa tentativa de manter a saúde financeira para enfrentar a crise. No Rio Grande do Sul, foi no mês de maio que o número de pedidos por seguro-desemprego disparou. Bagé, desde março, tem mantido uma média no número de solicitações do benefício, com exceção do mês de abril, quando a agência permaneceu fechada.

O coordenador da Agência FGTAS/Sine de Bagé, Roberto Messias, apresentou os números locais: em julho, foram 261 encaminhamentos, 37 a menos do que no mês anterior. Em junho, foram 298 pedidos pelo seguro-desemprego. O mês de maio teve um montante total de 279 pedidos. Mas vale uma ressalva: a agência apenas voltou a atender no dia 11 de maio. Em abril, foram apenas sete solicitações; e, em março, 222 – a agência fechou as portas no dia 23.

Fonte: Folha do Sul

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios