- DestaquesNOTÍCIAS

AEDES AEGYPTI | Casos de doenças preocupam autoridades de Dom Pedrito

É necessário ressaltar, que cada cidadão tem a responsabilidade de cuidar do seu pátio e, em 95% dos casos não necessita nem a aplicação de produto, basta apenas virar o utensílio.

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.
 

Estão em Dom Pedrito, desde o início da manhã desta terça-feira, dia 11, profissionais do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) e da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com o objetivo de supervisionar, apoiar e acompanhar as ações que estão sendo realizadas na prevenção e combate ao mosquito Aedes aegypti em Dom Pedrito.

A medida se deve em razão dos casos de dengue e zika vírus detectados em diversos pontos da cidade.

Na chegada, foi realizada uma reunião com a equipe das vigilâncias Epidemiológica e em Saúde e as gestoras da Saúde em Dom Pedrito, que falaram sobre as ações de combate e prevenção que vem sendo realizadas, como os mutirões de limpeza, recolhimento de lixo eletrônico e visitas dos agentes.

Conforme a responsável pela Vigilância Ambiental da 7ª CRS, Barési Delabary, o objetivo é auxiliar a equipe local realizando um mapeamento dos focos a partir dos casos confirmados, organizando ações para que o trabalho seja eficaz.

 

É necessário ressaltar, que cada cidadão tem a responsabilidade de cuidar do seu pátio e, em 95% dos casos não necessita nem a aplicação de produto, basta apenas virar o utensílio.

Depois da reunião, foram feitas visitas em residências de pessoas positivas ou suspeitas, no entorno, espaços públicos, na tentativa de identificar locais que possam estar servindo de logradouro para o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, o Aedes aegypti.

Hoje e amanhã, a equipe trabalha na orientação de bloqueio de transmissão, verificando os pontos que as pessoas infectadas residem e frequentam, na tentativa de identificar e eliminar esses criadouros, com a aplicação de inseticida.

O inseticida aplicado não tem odor forte, não tem risco de incêndio, além de teor extremamente baixo de impurezas tóxicas.

O trabalho está sendo intensificado para evitar que na época em que o Aedes costuma ter sua circulação intensificada (verão), em virtude da combinação da temperatura mais quente e chuvas, a contaminação fique fora do controle.

Medidas simples de de prevenção contra o mosquito:

O Aedes aegypti tem em média menos de 1 centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo.
Para evitar a sua proliferação, as medidas principais medidas são:

  • Tampar caixas d’água, tonéis e latões;
  • Guardar garrafas vazias viradas para baixo;
  • Guardar pneus sob abrigos;
  • Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia;
  • Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises;
  • Manter lixeiras fechadas;
  • Manter piscinas tratadas o ano inteiro.

Denúncias: 3243 3556.

Fonte: Dep Com prefeitura de Dom Pedrito

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios