- DestaquesNOTÍCIAS

Secretaria de saúde atualiza situação da Covid-19 no município

Dos noves positivos ativos: um é profissional da segurança pública, um profissional da saúde e os outros sete trabalhadores da administração penitenciária

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Dom Pedrito contabiliza hoje (20) 11 casos positivos por infecção pela Covid-19. Desses 11, nove ativos, um caso curado e um óbito (que teve transmissão e óbito em Porto Alegre, mas em razão da paciente residir em Dom Pedrito foi contabilizado, seguindo protocolo do Ministério da Saúde).

Dos noves positivos ativos: um é profissional da segurança pública, um profissional da saúde e os outros sete trabalhadores da administração penitenciária.

Todos os casos citados acima foram comprovados através de coleta e análise na modalidade RT/PCR, junto ao Laboratório Lacen/RS.

No dia 13 de maio, aconteceu a divulgação da Nota Informativa n° 9, COE/SES-RS, que ampliou a possibilidade de outros grupos fazerem a testagem para análise laboratorial sem a necessidade de internação hospitalar.

São eles: maiores de 50 anos, gestantes, motoristas do transporte de cargas ou passageiros, trabalhadores da saúde, da administração penitenciária, da segurança pública, da assistência social, da assistência à criança e adolescente, população Quilombola e Indígena.

Cabe salientar que para obter maior eficácia no resultado, tanto do teste rápido como o de laboratório, é necessário respeitar o período de coleta, ou seja, realizar os testes indiscriminadamente diminui muito a confiabilidade do resultado.

RT/PCR (tipo de exame) – coleta deve ser realizada até o 7° dia depois do início dos sintomas, preferencialmente do 3° ao 5° dia.

TESTES RÁPIDOS – coleta deve ser feita a partir do 10° dia do início dos sintomas.

De acordo com a secretária de Saúde, Lillian Camponogara, a equipe trabalha dentro dos prazos e das normativas, com o objetivo da utilização consciente e eficaz dos materiais disponíveis, se referindo especialmente aos testes.

“Até o momento recebemos 700 testes rápidos do Estado e aplicamos 38. Destes, 30 em profissionais de saúde, quatro em profissionais da segurança pública e outros quatro em pacientes/contatos”, explicou a secretária. Lembrando que com a ampliação do grupo para a aplicação dos testes rápidos o número de testados seguindo os novos critérios aumentará.

Fonte: Departamento de Comunicação da Prefeitura.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios