- DestaquesNOTÍCIAS

Em decreto, prefeito de Dom Pedrito volta atrás em algumas medidas

Decisão ocorreu após descumprimento de algumas determinações no âmbito do município

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O prefeito de Dom Pedrito, Mario Augusto de Freire Gonçalves voltou atrás em algumas medidas que havia tomado anteriormente, notadamente, aquelas que abrandavam a forma de enfrentamento à pandemia, como o horário de fechamento do comércio e o horário do toque de recolher no município.

O documento publicado na noite desta quinta-feira (30) já entrou em vigor, e considerou, entre algumas coisas, a necessidade de ampliar o prazo para isenção de IPTU; as declarações do governo do Estado no sentido de implantar no território gaúcho o modelo de distanciamento controlado; o anúncio, também por parte do Estado, de prorrogar o início das aulas na rede pública e privada.

Entre algumas mudanças, aparece no documento que as instituições bancárias que não disponibilizarem um funcionário para organizar a fila e que não demarcar a parte externa os lugares com distanciamento correto para os clientes, serão multadas com valores que podem chegar a 5 mil URM (mais de R$ 21 mil);

O recolhimento domiciliar volta para as 21h até às 6h do dia seguinte, sob pena de multa para quem não justificar a permanência na rua no horário estipulado;

Após às 21h, armazéns, minimercados, restaurantes e outros deverão fechar as suas portas , podendo funcionar somente com tele entrega;

As academias poderão funcionar com um aluno a cada 10m².

Notícias relacionadas

Marcar também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios