NOTÍCIAS

Expectativa é pela apresentação do modelo de distanciamento controlado

Tanto em número de casos como de óbitos, o Estado está abaixo da média nacional

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

“Sabemos que restrições rigorosas e uniformes não são sustentáveis por um longo período. Vamos trabalhar com o dedo no pulso, monitorando capacidade hospitalar e número de casos a todo o momento, para adaptarmos as medidas de acordo com a necessidade de cada região”, destacou o governador Eduardo Leite, ontem, em videoconferência com deputados.

Ele apresentou o cenário de evolução da doença no Rio Grande do Sul. Tanto em número de casos como de óbitos, o Estado está abaixo da média nacional, conforme divulgação do Piratini. Com base nos indicadores de internações, nos resultados da pesquisa de prevalência, coordenada pela Universidade Federal de Pelotas, e em evidências científicas, o Executivo está elaborando um plano de distanciamento social controlado”, informou.

Durante a reunião, que durou cerca de três horas, o governador explicou as diretrizes adotadas para construir o plano, que deve ser implantado em maio. Nele, o Rio Grande do Sul deve ser dividido em até 21 regiões e, para cada uma, serão apresentadas orientações conforme o contexto. Não há confirmação, mas a expectativa é de que isso seja apresentado amanhã, uma vez que o atual decreto tem validade até quinta-feira.

Fonte: Folha do Sul

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios