- DestaquesNOTÍCIAS

Em reunião, prefeito decide pela não reabertura do comércio

"DOM PEDRITO AINDA NÃO ESTÁ PREPARADO PARA A REABERTURA TOTAL DO COMÉRCIO", disse o chefe do executivo

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Três importantes reuniões foram lideradas pelo prefeito Mário Augusto, neste sábado, dia 28, no salão nobre da Prefeitura, para tratar da reabertura do comércio considerado não essencial.

A primeira delas aconteceu com a sua equipe de Governo e, uma hora depois, representantes da Sociedade de Medicina de Dom Pedrito, presidida pela médica Silvana Mozzaquatro, do Conselho Regional de Medicina, representado pelo médico Rogério Tomasi, representantes da Santa Casa de Caridade e médicos da atenção básica e da rede hospitalar, juntaram-se ao diálogo.

Nesta reunião, ficou clara a necessidade de manter por pelo menos mais uma semana o distanciamento social, visto que a Santa Casa de Caridade pleiteia junto ao Estado a liberação dos leitos da UTI e, também para estes dias, está prevista a chegada de EPIs para as equipes de saúde.

Na reunião da tarde, somaram-se, representantes do Legislativo, da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato dos Comerciários, Sindicato Rural, Associação dos Agricultores e Unipampa.

Na oportunidade, foi lida a ata da última reunião da manhã, que relatava as falas do prefeito e das considerações dos profissionais de saúde.

Todos os representantes fizeram o uso da palavra e o prefeito mais uma vez ressaltou a sua angústia nessa tomada de decisões e, por isso, a necessidade de construir através do diálogo uma alternativa mais acertada possível.

Por unanimidade, foi decidido que o retorno das atividades do comércio que está fechado não acontecerá nessa semana, para que haja o tão falado achatamento da curva.

“Dom Pedrito não está preparado para a reabertura total do comércio na próxima segunda-feira. Não temos estrutura de saúde pública adequada para atendimento de muitos casos que necessitem de internação hospitalar, caso muitas pessoas sejam contaminadas nós próximos dias”, enfatizou o prefeito, Mário Augusto, na hipótese de afrouxamento dos Decretos Municipais.

Ficou decidido que as mesmas lideranças se reunirão na próxima quinta-feira, dia 2 de abril, para decidir que dia e de que forma o comércio será reaberto. Também ficou definido que os comerciantes receberão uma espécie de manual com as recomendações necessárias para o funcionamento de cada tipo de atividade, para não colocarem em risco clientes e colaboradores.

As autoridades reforçaram a necessidade da continuidade do distanciamento social e salientaram que a fiscalização municipal vai continuar, apesar da maioria da população estar compreendendo às medidas impostas na prevenção pelo Coronavírus, como o toque de recolher entre às 21h e 6h e, a não utilização dos espaços públicos.

O prefeito Mário Augusto, assegurou aos presentes que a administração municipal está atendendo toda a demanda social que o momento exige, “começamos ontem a Campanha Alimento Amigo e, na próxima semana, realizaremos a Panela do Bem. Estamos cuidando da nossa população em todos os sentidos”.

Fonte: Departamento de Comunicação da Prefeitura.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios