- DestaquesNOTÍCIAS

Netflix vai diminuir qualidade de transmissão na Europa durante pandemia

União Europeia fez pedido à plataforma para que redes de internet não fossem sobrecarregadas

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Em meio à pandemia de coronavírus que atualmente tem na Europa um de seus mais graves cenários, a União Europeia pediu à Netflix que ela ajude a garantir o acesso à internet da população do bloco.

Nesta quinta-feira (19), a revista americana Variety informou que a plataforma de streaming concordou em diminuir a qualidade de suas transmissões a fim de não sobrecarregar as redes de internet do continente.

“Devido aos desafios extraordinários criados pelo coronavírus, a Netflix decidiu começar a reduzir a taxa de bits em todas as nossas transmissões na Europa”, informou a empresa à publicação.

A taxa de bits é a quantidade de bits por segundo que pode ser transmitida por uma rede digital. A medida é válida pelos próximos 30 dias.

“Nós estimamos que isso vai reduzir o tráfego nas redes europeias em torno de 25% enquanto garantimos a boa qualidade do serviço prestado.”

Thierry Breton, comissário europeu para o mercado interno, havia informado na noite desta quarta (18), pelas redes sociais, que teve uma importante conversa com o diretor-executivo da plataforma de streaming.

“Para combater a ​Covid-19, nós ficamos em casa”, escreveu. “Trabalho remoto e streaming ajudam muito, mas as infraestruturas podem estar sob tensão.”

A preocupação é que, agora que muitas pessoas estão confinadas em suas casas em diversos países europeus, o acesso à internet sofra com a alta demanda.

Além do home office, preocupa as autoridades o fato de que, diante do fechamento de cinemas, teatros e lojas, as pessoas comecem a usar boa parte de seu tempo assistindo a conteúdos online.

“Para garantir o acesso à internet para todos, vamos mudar para a definição padrão quando o HD não for necessário”, disse o comissário em relação à qualidade de exibição dos filmes e séries da Netflix.

Ao fazer transmissões com qualidade mais baixa, o uso de internet é menor e, consequentemente, isso contribui para uma diminuição no uso de dados, sem sobrecarregar o sistema. Fonte: Folha de São Paulo

Notícias relacionadas

Marcar também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios