NOTÍCIAS

Bagé registra caso importado de chikungunya

O caso é relacionado a uma mulher que teria contraído a doença no Rio de Janeiro

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Bagé registrou o primeiro caso confirmado da febre de chikungunya, transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti: o caso foi comunicado pela Secretaria Estadual da Saúde. Conforme os dados, Bagé e um município da região de cobertura da 15ª Coordenadoria Regional de Saúde são, até o momento, os dois únicos que têm casos confirmados da doença em 2020.

De acordo com Cândida Britto, da Vigilância Epidemiológica da 7ª Coordenadoria Regional de Saúde (7ª CRS), o caso é relacionado a uma mulher, sem idade informada, que teria contraído a doença no Rio de Janeiro e viajado para Bagé, cidade de residência da pessoa infectada. “A paciente apresentava quadro clínico estável e não chegou a ser internada. Ressalto que o caso é importado de uma região onde existem registros confirmados da doença”, explica.

Fonte: Folha do Sul

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios