NOTÍCIAS

Uruguai estende alerta sobre coronavírus, mas mantém acesso fronteiriço aberto

Liori ressaltou precauções para evitar contágio e refutou notícias falsas

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

A reportagem do jornal Folha do Sul contatou o Consulado do Uruguai em Bagé e conversou com o chefe da representação da república uruguaia na Rainha da Fronteira, o cônsul Mario Liori Sánchez. Ele ressaltou que a fronteira entre Brasil e Uruguai permanece aberta, porém, com monitoramento constante para evitar o contágio por coronavírus (Covid-19).

O cônsul informou que ontem, aconteceria videoconferência entre os países integrantes do Mercosul – Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai (membros plenos), além de Bolívia, Chile, Colômbia, Equador e Peru (membros associados) para definir diretivas em relação ao enfrentamento à pandemia causada pelo vírus SARS-CoV-2, onde novas ações poderão ser definidas em conjunto.

“Por enquanto, aguardamos orientações de Montevidéu e, até o momento, a única medida relacionada a trânsito de pessoas é o fechamento das rotas aéreas e marítimas que ligam o Uruguai a países da Ásia e Europa, que atualmente são os principais focos da proliferação do Covid-19.

Os aeroportos, atracadouros e portos uruguaios permanecem abertos para fluxos provenientes do Brasil e de outros países do continente americano, com medidas de contenção conforme protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS)”, declarou. A movimentação interna de uruguaios que circulam dentro do país é restrit.

As aulas na rede pública de ensino estão suspensas desde ontem e a medida se estenderá por duas semanas. Viajantes que apresentarem sintomas relacionados ao coronavírus, que tenham passado por países como Espanha, França, Itália, Alemanha, China, Irã, Coreia do Sul, Japão e Singapura devem ser submetidos à quarentena compulsória por 14 dias – tempo estimado de encubação, manifestação dos sintomas e confirmação do diagnóstico.

Até domingo, segundo o Ministério da Saúde Pública, 200 uruguaios estavam em isolamento com suspeita de terem contraído a doença e o país tinha oito casos confirmados por contaminação pelo vírus SARS-CoV-2 – cinco em Montevidéu, dois em Maldonado e um em Salto, sendo dois deles autóctones – transmitidos dentro do próprio país.

Boatos

Diferente de boatos e informações sem procedência divulgadas em redes sociais, o Uruguai ainda não adotou a mesma ação drástica da Argentina, que fechou as fronteiras para conter a propagação do coronavírus.

“Não sabemos ainda o que vai acontecer, porém, não fomos informados de nenhuma restrição ao trânsito na fronteira entre Uruguai e Brasil. Orientamos os brasileiros de ascendência uruguaia ou uruguaios residentes no Brasil que entre em contato com o consulado mais próximo de sua cidade para obter informações sobre procedimentos”, informou.

O telefone do Consulado do Uruguai em Bagé é (53) 3312 3689. No lado uruguaio da linha divisória, militares do Exército do Uruguai distribuem material informativo a quem chega ou sai do país, com orientações relacionadas à prevenção ao Covid-19.

Fonte: Folha do Sul

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios