NOTÍCIAS

Livramento registra 4 casos suspeitos de Coronavírus

A suspeita deve-se a presença dessas pessoas em um cruzeiro marítimo há poucos dias

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Na manhã desta terça-feira, dia 17, a prefeita Mari Machado (PSB) convocou uma coletiva de imprensa para informar um decreto com medidas de prevenção e combate ao Coronavírus. Acompanhada pelo Secretário de Saúde, Sérgio Aragón, a prefeita abriu a coletiva alertando que há, pelo menos, quatro santanenses com suspeita de terem contraído o vírus COVID-19. De acordo com a chefe do Executivo, os testes para confirmar o diagnóstico já estão sendo realizados. A suspeita deve-se a presença dessas pessoas em um cruzeiro marítimo há poucos dias.

DECRETO

Quanto ao decreto municipal, ficam suspensas pelo prazo de 15 dias os seguintes itens: A participação de servidores públicos em qualquer reunião ou evento fora do estado e do país; as férias dos profissionais da saúde; as atividades escolares na rede pública municipal; as atividades escolares da educação infantil da rede privada; shows, eventos, festas e reuniões em locais abertos e fechados com aglomeração de pessoas; a aglomeração de pessoas na rua, principalmente na av. João Belchior Goulart e adjacências; a aglomeração de pessoas em praças e parques e a entrada de ônibus de turismo ao município.

Ainda sobre o documento, a prefeitura comunica que todas as servidoras públicas gestantes, servidores com doenças crônicas e/ou com idade a partir dos 60 anos serão dispensados de suas funções para que permaneçam em suas residências durante o prazo decretado. Quanto à remuneração, Mari garantiu que não deve haver nenhuma alteração, mas advertiu: “Não estamos dispensando para fazer visitas sim para ficar em casa, é uma questão de se preservar”.

Continuando com as orientações aos servidores, aqueles que realizaram qualquer tipo de viagem devem imediatamente comunicar as rotas percorridas ao seu superior. “Estamos vivendo um outro momento da pandemia. Nós não estamos mais com contágios só por viagem, o contágio também está sendo comunitário”, informa a prefeita.

Outra mudança também deve ocorrer no funcionamento do Sistema de Previdência Municipal (SISPREM), que passará a realizar atendimentos apenas através do telefone: (55) 3242-1966. A orientação da Defesa Civil também é para que as pessoas que sentirem algum sintoma do COVID-19 evitem procurar atendimento nas unidades de saúde do município.

A medida visa preservar os pacientes que já estão em atendimento nesses locais. O órgão informa que o contato deve ser pelo telefone: (55) 9 9615-6275. Desta forma, uma equipe médica deve realizar uma visita e verificar se há a necessidade de solicitar exames mais complexos acerca da enfermidade.

A prefeita afirma que uma série de recomendações foram passadas à supermercados, agências bancárias e restaurantes. Nesses últimos, o cuidado deve ser redobrado com a limpeza nos itens de uso coletivo, como pratos, copos e talheres.

Um comunicado também foi emitido à igrejas, academias e clubes. O objetivo é que esses locais restrinjam a entrada de pessoas, mantendo a ocupação máxima em 50, sempre respeitando a distância de, no mínimo, 2 metros de cada indivíduo.

Sobre o prazo de 15 dias do decreto, Mari Machado disse que, dependendo da situação da doença no país, pode ser estendido. “Muitas ações podem parecer exageradas, mas isso é para evitar que ali na frente digam que fomos descuidados”, justifica.

No link abaixo você confere o documento na íntegra:

Fonte: Murilo Alves/ Jornal A Plateia

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios