- DestaquesNOTÍCIAS

Projeto piloto com estacionamento diferenciado inicia hoje

O Decreto nº 48 cumpre as leis federais com vagas para idosos e para pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Já está valendo a partir desta sexta-feira, dia 30 de agosto, o projeto piloto com sugestão de estacionamento na Av. Barão do Upacaraí, entre as ruas Moreira Cesar e Ministro Demétrio Mércio Xavier.

O Decreto nº 48 cumpre as leis federais com vagas para idosos e para pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida.

Considera-se também, a demanda do comércio e comunidade local para uma melhor circulação de vagas de estacionamento na região central, em especial na referida avenida (estacionamento temporário).

Na quadra, foi sinalizado ainda, local específico para o estacionamento de motocicletas, a bem de evitar a ocupação de vagas destinadas a veículos de transporte de pessoas e passageiros.

A sinalização da quadra foi realizada na manhã de hoje, pela equipe do Núcleo de Trânsito (pintura no meio fio e instalação de placas identificando os estacionamentos de motos, prioritários e as com tempo de permanência).

Cabe ressaltar, que para utilização das vagas prioritárias o usuário deve estar com o cartão de identificação, a fim de evitar autuação por estacionar em local proibido.

O estacionamento regulado por tempo refere-se à área destinada aos frequentadores do comércio local, que necessita de rotatividade, restando fixado período de permanência em 45 minutos para que o condutor mantenha o veículo estacionado, nos horários compreendidos entre às 8 horas e 19 horas, de segundas a sábados.

A permanência de condutor em local definido como estacionamento temporário estará sujeito às sanções previstas no Código Brasileiro de Trânsito, com autuação da infração efetuada pela Brigada Militar que fiscaliza o trânsito no Município, bem como, fiscais da Prefeitura.

Os custos com a sinalização do Projeto Piloto foram arcados pelo comércio da localidade, com o apoio do Município.

Fonte: Departamento de Comunicação da Prefeitura.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios