- DestaquesNOTÍCIAS

Dois criminosos presos na Operação Alta Tensão são condenados

A Operação Alta Tensão ocorreu em 14 de junho deste ano e foi desencadeada pela DECRAB/Bagé, com apoio do efetivo de policiais civis da Delegacia de Polícia de Dom Pedrito e de Policiais da Delegacia Regional de Alegrete.

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.
 

A ação se deu em função de uma investigação sobre uma série de furtos de componentes elétricos e transformadores elétricos de produtores rurais e da CEEE na região da campanha, especialmente nos municípios de Dom Pedrito e Bagé. Dois indivíduos foram presos naquela época, Rafael Lopes e Maicon Silveira, os quais foram condenados em sessão ocorrida no dia 22 de agosto, no Fórum de Dom Pedrito.

Confira trechos do relatório

O Ministério Público acusou Rafael e Maicon de subtrair um transformador monofásico da CEEE, instalado na estrada de Rosário do Sul, localidade do Campo Seco. Após serem presos, os dois foram recolhidos ao Presídio Estadual de Dom Pedrito. Ambos admitiram serem os autores do furto do equipamento.

As penas

A culpabilidade é avaliada negativamente, pois se trata de ato planejado, o que demonstra maior intensidade do dolo. Rafael é primário e a condenação de Maicon será observada como agravante; as circunstâncias constituem duas qualificadoras, de modo que uma delas é avaliada nesta fase; não há elementos para avaliar a conduta social ou personalidade dos agentes; os motivos são ordinários; as consequências não são de gravidade, pois o transformador foi restituído à CEEE; o comportamento da vítima, que deixou um transformador em linha que servia a residência abandonada, em área descampada, de certo modo favoreceu o fato, já que, se alguns funcionários de uma propriedade próxima não tivessem visto a movimentação atípica no local, jamais a autoria seria esclarecida.

Rafael foi condenado à pena de 2 anos de reclusão em regime aberto substituída por prestação de serviços à comunidade.

Maicon, como é reincidente, foi condenado à pena de 2 anos de reclusão em regime semiaberto.

As consequências dessa condenação

É incontestável o serviço que as Decrab, notadamente a de Bagé, vêm realizando em todo o Rio Grande do sul. Além do abigeato, outros crimes rurais tiveram seus índices de ocorrência drasticamente diminuídos, o que já foi alvo, inclusive, de inúmeras referências.

No caso em questão, é importante mencionar que desde que ocorreu a operação Alta Tensão, em junho do ano passado, não houve mais nenhum furto de transformador ou equipamento elétrico na zona rural de abrangência da Decrab/Bagé.

Outro fato digno de nota, é a celeridade com que o processo foi conduzido, desde as prisões propriamente ditas, até a condenação dos réus, o que demonstra a competência dos policiais que enviaram o inquérito ao Judiciário que, em comunhão com Ministério Público, deram a devida resposta à sociedade.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios