NOTÍCIAS

Polícia Civil e Brigada Militar apreendem grande quantidade de droga e 2 carros clonados

Eles também são suspeitos de um homicídio e tentativa de homicídio ocorridos na madrugada desta sexta-feira

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Uma ação policial integrada da Polícia Civil e da Brigada Militar prendeu 10 indivíduos no final da tarde de hoje, em Bagé.

As investigações começaram quando a polícia obteve uma informação de que diversos indivíduos oriundos de Porto Alegre estavam na cidade para distribuir droga e manter “bocas” de tráfico. Durante os últimos dias os policiais passaram a localizar os indivíduos buscando a localização exata da residência onde eles estavam e, especialmente, o depósito da droga.

Na tarde de hoje os policiais localizaram uma residência na Vila Brum, zona norte da cidade, em que estavam 6 indivíduos. Ao realizar a abordagem, 2 deles empreenderam fuga pulando por pátios e terrenos vizinhos, sendo capturados a vários metros  do local. Na residência estavam 6 indivíduos de Porto Alegre e região metropolitana. Também havia droga na casa, além de um carro roubado e com placas clonadas. Os policiais também encontraram munições de calibre 9mm e 380.

Em outra residência, ainda na Vila Brum, os policiais encontraram 3kg de crack e 1kg de cocaína – droga suficiente para produzir mais de 30 mil porções para venda aos usuários.

Com a prisão do grupo os policiais conseguiram identificar que eles eram suspeitos de um homicídio consumado e uma tentativa de homicídio ocorrido na madrugada de ontem – quando uma mulher foi morta e seu namorado foi alvejado pelas costas enquanto fugia, no bairro Getúlio Vargas. As equipes continuaram nas buscas até localizar o veículo utilizado no crime – que estava em uma residência no Vila Gaúcha. Nessa residência os indivíduos tentaram resistir à prisão, sendo encontrado o veículo chevrolet/prisma usado no homicídio – o carro era roubado e estava com placas clonadas. Na casa ainda havia droga e munições, além de outro par de placas, possivelmente trocadas depois do crime.

O Delegado Cristiano Ritta, titular da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas – DRACO, destacou que a ação policial integrada entre a Polícia Civil e a Brigada Militar mais uma vez permitiu a prisão desses indivíduos de extrema periculosidade e que estão na cidade para praticar o tráfico de drogas, roubos e homicídios. Todos eles são ligados a uma organização criminosa local e recebem as ordens de dentro do sistema penitenciário. Assim, mesmo com o descaso do Governo com o pagamento dos salários dos policiais, a Polícia Civil e a Brigada Militar seguem agindo para combater o crime organizado na cidade.

Participaram da ação a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas, a 2ª Delegacia da Polícia Civil, o Setor de Inteligência e Pelotão de Operações Especiais da Brigada Militar.

Foram presos Cristian L. Silva, 19 anos, Ricardo S. Moure, 23 anos, Adelar S. Zanini, 21 anos, Andrios L. Pereira, 20 anos e Mateus F. Tomazini, 20 anos, de Porto Alegre; Diessica Silva, 28 anos, Luan N. Pereira, 22 anos, Luan D. Resende, 20 anos e Gabriel P. Silveira, 23 anos, de Bagé.

Fonte: Policia Civil.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios