- DestaquesNOTÍCIASSEGURANÇA

Em Dom Pedrito, mais uma mulher é agredida pelo ex-companheiro

Desta vez, o motivo foi não haver comida pronta para o valentão

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Uma mulher que mora com os filhos e o ex-marido que após dois anos de separação, continua a importuná-la. Este foi o palco de mais um drama social, que infelizmente vem tomando espaço demasiadamente grande nos noticiários da Capital da Paz.

No começo da tarde, nossa reportagem saía da Delegacia local, após cumprir com a rotina de acompanhar as questões ligadas à segurança, quando uma mulher, uma jovem mãe de 28 anos de idade, chegou carregando no semblante, a expressão que caracteriza o ultraje sofrido daqueles que se aproveitam da condição física para agredir, ameaçar e intimidar as mulheres.

Ela aguardou sentada sua vez de narrar os fatos. Depois, diante da plantonista, ela foi contando da violência física e moral que sofreu hoje (25), pouco depois do meio dia. O ex-marido, um homem de 33 anos, foi, como é costumeiro, até sua casa, na intenção de almoçar. Porque ela não o esperasse talvez, não havia comida pronta para ele. Uma discussão se inicia, onde o valentão reclama que ela iria “deixá-lo com fome”. Ele parte para cima dela desferindo socos em seu corpo, principalmente no ombro, e depois vai embora.

Às 14 horas, depois de as crianças estarem na escola, finalmente ela vai até a delegacia na companhia de um amigo e registra o fato. Ela manifestou desejo de representar criminalmente contra o ex-companheiro e solicitou as medidas protetivas. Este é o quinto caso registrado na delegacia local desde a madrugada de domingo.

*Os nomes foram suprimidos para preservar a identidade da vítima.

Notícias relacionadas

Marcar também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios