- DestaquesNOTÍCIAS

Alberto Rodrigues fala sobre o resultado de enquete da Qwerty e próximas ações da Secretaria de Obras

Pesquisa contou com a participação de 134 pessoas através do Facebook

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Após a pesquisa feita nesta semana pela Qwerty Portal de Notícias, onde questionamos os leitores para saber qual a maior deficiência de Dom Pedrito, o resultado, que saiu nesta manhã de sexta-feira (13), constatou que 80% das pessoas que responderam a enquete não estão satisfeitas com a infraestrutura da cidade, ou seja, com as ruas da Capital da Paz.

Para saber sobre os próximos passos da Secretaria de Obras, Viação e Serviços Públicos e perguntar sobre as medidas que serão tomadas para reverter essa situação, conversamos com o vice-prefeito Alberto Rodrigues, que está à frente da pasta desde o início deste mês.

Dentre os muitos assuntos discutidos durante a entrevista, um dos principais foi sobre os projetos realizados pela Secretaria de Obras, onde o vice-prefeito contou o que está sendo realizado: “Nós queríamos já de imediato, se pudesse, recuperar toda a cidade, mas é humanamente impossível, nós não temos também maquinário pra isso, mas nós vamos recuperar, e até a comunidade pode esperar de nós muito trabalho, empenho e muita boa vontade”, disse o prefeito em exercício.

O atual secretário de Obras também falou sobre o ‘raio-x’  que fez para constatar o que deve ser feito na cidade  e também sobre as medidas para a revitalização das estradas na zona rural do município: “Ontem nós saímos justamente para começarmos o balanço. Hoje na zona rural tu tens que atacar esses pontos críticos, tem vários pontos críticos. Hoje a estrada que nós estamos recuperando é do interior, então ela é uma estrada diferenciada”, destacou o prefeito em exercício.

Em outra entrevista concedida para a Qwerty, Alberto falou que o solo da cidade não colabora com o trabalho da secretaria, mas acredita que foi mal interpretado por algumas pessoas: “Eu não quis tirar a responsabilidade do município e colocar a responsabilidade no nosso solo. Aquilo ali eu quis dizer que nós temos que recuperar a cidade com mais frequência, e as nossas estradas também. Então não é desculpa pra não fazer, muito pelo contrário, é pra fazer”, explicou o vice-prefeito.

Para encerrar a entrevista, questionamos ao prefeito em exercício sobre o projeto do Badesul que estava passando por readequações: “Essa readequação do projeto do Badesul está sendo bem encaminhada. O prefeito, Mário Augusto, foi à Porto Alegre e anulou aquele primeiro empréstimo e readequou um novo. Então hoje ele será maior, o que era 22,5 quadras, vai chegar a 27,5”, revelou o chefe da Secretaria de Obras.

Ele ainda finalizou dizendo que tem a convicção de que os trabalhos ganharão força até o final do ano: “Nós temos certeza que no decorrer desse ano vai recomeçar a pavimentar as nossas ruas, também o asfalto que será colocado ali na 21 de abril, que esta muito bem encaminhado também. Esse mesmo anseio que a comunidade tem, nós temos também”, concluiu o secretario.

Acompanhe a entrevista completa no Jornal das Oito desta sexta-feira, às 20h, na Qwerty TV (http://tv.qwerty.com.br) ou na página da Qwerty Portal de Notícias do Facebook.

Notícias relacionadas

Marcar também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios