NOTÍCIAS

Bagé: Polícia Civil deflagra operação para prender envolvidos no latrocínio de Gilberto Bittencourt Silveira

A Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (DEFREC) de Bagé deflagrou na manhã de hoje (9) a Operação Sentinela, para prender os 6 indivíduos responsáveis pelo latrocínio do contador e tradicionalista Gilberto Bittencourt Silveira.

O crime ocorreu no último dia 31 de janeiro, nas proximidades do Kartódromo de Bagé. Conforme as informações preliminares, colhidas no dia do crime, a Brigada Militar foi chamada para atender uma ocorrência de que havia um homem baleado dentro de um veículo. No local os policiais militares encontraram o carro aberto e a vítima caída no banco traseiro, com as mãos amarradas para trás e já sem vida, atingida por um disparo de arma de fogo. Próximo ao local foi encontrado um veículo Ford/Ka abandonado no meio do mato. Os criminosos haviam fugido nesse veículo. O carro era roubado na cidade de Porto Alegre e estava com placas clonadas. Ainda próximo ao local, os policiais prenderam em flagrante Rafael da Costa Pinheiro, que confessou o crime.

A partir das investigações foi identificada Júlia Dilia, que também teve participação. A partir dela os policiais desenrolaram um engenhoso plano para assaltar a vítima.

O crime foi ordenado pelo detento Tiago Rafael, que está recolhido no Presídio Regional de Pelotas. Ele encomendou o assalto à Júlia, que deveria marcar um programa com Gilberto, para que ele fosse assaltado. Esse assalto levantaria dinheiro e quitaria uma dívida que Julia tinha com Tiago Rafael, decorrente da venda de droga.

No dia 31, Júlia consegue marcar o programa e indica o local onde seria o encontro – na praça do Colégio Bradesco. Ela diz que vai levar uma amiga – Gabrielle. Durante a tarde, Júlia informa que não vai poder ir porque não teve com quem deixar seu filho, e diz que a “amiga” vai sozinha. Assim, ela passa o contato de telefone para que Gilberto converse diretamente com sua amiga. Ocorre que o telefone que ela manda é do próprio Tiago. Eles então acertam que o encontro seria às 21h na praça do colégio Bradesco. No fim, Júlia pede para que a vítima confirme o carro que estaria – “um Crossfox bege”. A partir daí entram em cena Rafael e os outros dois suspeitos. Eles chegam ao local e encontram a vítima dentro do carro. Anunciam o assalto, amarram os pulsos de Gilberto e colocam-no no banco traseiro do carro, deslocando-se até o Kartódromo. Lá, pressionam a vítima para que entregue o dinheiro. Dentro do veículo, Rafael efetua um disparo que atinge o rosto da vítima. Com o tiro, os três criminosos empreendem fuga no outro carro – o Ford/KA.

Através das investigações, a Polícia Civil conseguiu identificar todos os envolvidos no crime: Tiago; sua namorada Franciele que, junto com Júlia, já conheciam a vítima; Rafael, que foi preso em flagrante e os outros dois suspeitos que aparecem nas filmagens no momento da fuga. A identificação desses suspeitos está sendo mantida em sigilo porque eles ainda permanecem foragidos.

O Poder Judiciário decretou a prisão de todos os envolvidos e a busca e apreensão nas suas residências. O Inquérito Policial, agora, segue para o Judiciário e o Ministério Público.

Confira na galeria abaixo uma passo a passo completo de como o crime foi planejado e executado.

 

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios