NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Polícia Civil e P2 da Brigada Militar prendem indivíduos em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse de munição

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

A tarde quente desta terça-feira (19), foi de intenso trabalho para as polícias civil e militar de Dom Pedrito. Leandro Trindade dos Santos e Iuri Bonfim de Lima, ambos de 19 anos, foram presos em flagrante e serão indiciados por tráfico de drogas, associação ao tráfico e posse de munição. A prisão aconteceu às 14h30 na casa de Leandro, situada na Rua João Manoel.

Na ação, a Polícia Civil contou com o apoio do Setor de Inteligência (P2) e uma guarnição da Brigada Militar para cumprir mandado de busca na casa de Leandro, onde também estava Iuri. Segundo boletim de ocorrência, sobre a mesa da sala da residência havia um tijolo de maconha, uma balança de precisão, três buchas de cocaína e uma cartela de LSD. Os policiais também apreenderam um facão e munições.

Eles foram presos e levados para a Delegacia de Polícia onde, ao verificar o celular de Iuri, os policiais encontraram uma foto onde ele mostrava estar de posse de um tijolo de maconha. Os policiais foram até a casa do indivíduo, onde sua mãe franqueou a entrada. Embaixo da cama do quarto de Iuri foi encontrada uma sacola contendo 14 buchas de maconha já embaladas para a venda.

Retornando novamente à DP, uma denúncia para o 190 da BM dava conta de que Iuri também costumava esconder drogas no para-choque do carro. Os agentes voltaram à casa do indivíduo, onde encontraram em um compartimento atrás da placa uma sacola com mais 16 buchas de maconha embaladas para a venda e com o preço da droga escrito nas embalagens. O carro dele também foi apreendido.

Consta no boletim de ocorrência que Leandro é apontado como membro de uma quadrilha de tráfico e que Iuri possui diversas denúncias de tráfico de drogas. Inclusive, ele já vinha sendo monitorado pelos agentes da delegacia local e também pela P2 da Brigada Militar. Após o fim da lavratura do flagrante, ambos foram recolhidos ao Presídio Estadual de Dom Pedrito.

De acordo com o inspetor Lauro Telles, essa prisão é um rescaldo da Operação Terceiro Tempo, deflagrada em 11 de dezembro do ano passado, onde várias pessoas foram presas e indiciadas por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Todas elas eram coordenadas pelo traficante Tuco-Tuco que, de dentro da Penitenciária Modulada de Uruguaiana, coordenava o tráfico de Dom Pedrito.

Conforme Telles, Leandro tinha contato direto com Tuco-Tuco e outros integrantes da quadrilha. O inspetor contou que Trindade era responsável pela venda de crack, cocaína, maconha e LSD. “Quanto ao Iuri, nós já tínhamos diversas denúncias que ele traficava drogas no centro da cidade, vendendo LSD, maconha e cocaína para as pessoas”, complementou Lauro Telles.

Leandro já esteve recolhido na Fase (Fundação de Atendimento Sócio-Educativo) de Santa Maria, quando foi apreendido pelo crime de tráfico de drogas. Já Iuri esteve apreendido na Fase de Novo Hamburgo, quando foi recolhido acusado de assalto.

Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios