NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Noite violenta é marcada por tentativa de homicídio e homicídio doloso; este último pode ter sido motivado por vingança

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Uma noite bastante violenta marcada por uma tentativa de homicídio e um homicídio doloso; esse foi o triste resumo da madrugada deste domingo (17), no centro de Dom Pedrito.

Tentativa de homicídio

Por volta das 3h30, dezenas de indivíduos da gangue do São Gregório esfaquearam e deram garrafadas em uma pessoa identificada pelo nome de Sidmar, 28 anos, na Rua José Bonifácio, entre a Rua Júlio de Castilhos e a Sete de Setembro. O homem foi encaminhado ao Pronto Socorro onde recebeu atendimento e foi liberado após inúmeros curativos. Ele recebeu diversas facadas e garrafadas, ficando com ferimentos na cabeça, nos braços e nas costas. A rixa da família de Sidmar com a gangue do São Gregório já era antiga, segundo testemunhas.

Logo depois o crime, a gangue foi para a frente do Dom Pedrito Country Clube. A Brigada Militar – que estava apenas com uma guarnição composta por dois policiais para atender toda a cidade, pois a outra guarnição estava atendendo uma ocorrência no interior do município – foi até a frente do clube para abordar os criminosos. Chegando lá, eles investiram contra a guarnição que teve que recuar e abandonar o local, visto que cerca de 15 indivíduos da gangue não se intimidaram e partiram para cima dos policiais.

Na Delegacia de Polícia, testemunhas informaram que Douglas Rodrigues Severo (Catuta), 21 anos, e vários indivíduos da gangue haviam sido os autores do crime, sendo que Douglas teria começado as agressões e, logo após, os outros integrantes continuaram agredindo a vítima.

Homicídio

Por volta das 4h30, Thiago Rodrigues Severo, 29 anos, irmão de Douglas, foi morto com uma facada no peito, que acabou perfurando o coração. O crime ocorreu na Avenida Barão do Upacaraí. Thiago foi socorrido por uma pessoa que presenciou o crime, mas chegou já sem vida ao Pronto Socorro.

Quando soube da morte do irmão, Douglas Catuta foi até o PS transtornado, acusando um indivíduo de 15 anos de ter cometido o crime. Ele ainda disse que seu irmão foi morto por vingança, pois o menor que ele estava acusando é sobrinho de Sidmar – homem esfaqueado agredido por Douglas e a gangue.

Catuta ainda confessou aos policiais militares que teria sido o autor da tentativa de homicídio ocorrida mais cedo. Ele recebeu voz de prisão da BM, em flagrante e foi recolhido ao Presídio Estadual de Dom Pedrito. O delegado Luis Eduardo Benites conduziu o flagrante.

O menor de idade, suspeito do crime, é o mesmo que matou Pedro Vinícius Borges da Fontoura, “Pedrinho”, no dia 11 de janeiro do ano passado. Na época, ele teve a ajuda do seu padrasto no crime. Relembre o caso, clicando aqui. A Polícia segue fazendo buscas pelo menor de idade suspeito do homicídio.

Uma Dom Pedrito cada vez mais violenta

A cidade conhecida como “Capital da Paz” está longe de ter tranquilidade. Gangues compostas por muitos menores de idade e indivíduos de alta periculosidade têm dado trabalho às polícias civil e militar.

A maioria desses indivíduos envolvidos em crimes violentos possuem envolvimento com drogas, sendo usuários ou traficantes. Cabe aos pais tomarem providências o quanto antes, pois os adolescentes estão entrando cada vez mais novos para o mundo do crime e, se os pais não agirem enquanto há tempo, amanhã poderão estar chorando a morte de um filho.

O carnaval é uma das maiores preocupações das autoridades, pois a aglomeração de pessoas pode gerar tumultos e arrastões, como ocorreu no ano passado.

É o momento dos políticos que gerem a cidade repensarem e optarem pelo cancelamento do carnaval de rua, antes que algo pior venha a acontecer e pessoas inocentes acabem sendo vitimadas desses criminosos que ultimamente têm sido os protagonistas dos crimes mais cruéis da cidade.

Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios