NOTÍCIAS

Bagé – Bageense morre após ser esfaqueado por esposa

Uma briga de casal dentro de um carro, resultou na morte de Marcelo Pereira Cougo, 29 anos, na noite de domingo (18), em Capão do Leão, na Metade Sul do Estado. De acordo com a delegada titular da Delegacia de Capão do Leão, Cristiane Ulguim, o homem teria sido esfaqueado, no abdômen, pela esposa, de 34 anos, após uma discussão. “A acusada foi até a Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento, por volta das 23h40min de domingo, sem ainda saber da morte do companheiro. Relatou que após uma festa de aniversário eles discutiram e ela, para se defender das agressões do marido, pegou uma adaga e acertou-o na região do abdômen”, declarou.

Cristiane contou que não irá pedir prisão preventiva, pois a suspeita alegou legítima defesa. “Durante a lavratura da ocorrência, ela relatou que ele pediu a separação e disse que tinha outra pessoa. Com a discussão, ele teria tentado esganá-la e desferiu um soco no olho dela. A filha do casal, de seis anos, estava dentro veículo durante a briga”, informou a delegada.

Segundo o depoimento da esposa, eles entraram no veículo, que estava estacionado na rua Diário Popular, no bairro Jardim América, no município, quando ocorreram todos os fatos. “Ela disse que fez em legítima defesa. Pegou uma adaga que estava debaixo do banco do carona e desferiu uma facada no abdômen. Após isso, ela teria pegado a filha e saído correndo do veículo, dirigindo-se a uma casa, na rua Juvenal Albuquerque Costa, para pedir socorro. Ela não sabia da morte do homem até o final da lavratura da ocorrência”, ressaltou Cristiane. A delegada também informou que a investigação está em andamento. Disse, ainda, que durante a ocorrência de Maria da Penha, a acusada pediu medidas protetivas, por medo de ser agredida pelo marido. “Também será realizada, na esposa, um exame de corpo de delito e iremos seguir as investigações, ouvindo depoimentos e aguardando os laudos periciais”, finaliza.

Cougo foi atendido por uma ambulância, após o incidente, e levado ao Pronto-Socorro de Pelotas. Algumas horas depois, a polícia civil ficou sabendo que ele não teria resistido ao ferimento e morrido à 1h de segunda-feira. A Polícia Civil de Capão do Leão irá investigar o caso.

Fonte: Jornal Folha do Sul 
Reportagem: Elliézer Garcez
Jornalista Responsável: Marcelo Brum – MTB/RS 84.490 – FENAJ 8202
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios