NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Suspeito de estupro é encaminhado para atendimento médico

Alex Sandro Madruga Vaz "Leco", foi encaminhado na noite desta segunda-feira (12), ao Pronto Socorro, com algumas escoriações. Ele foi preso no sábado (10), suspeito de ter abusado sexualmente do enteado de apenas 4 anos de idade. Segundo relatos de populares que estavam no Pronto Socorro, ele estava muito machucado no rosto e nas costas, o que levaria a crer que o detento teria sido agredido no Presídio Estadual de Dom Pedrito (PEDP).

O agente penitenciário, Antônio Machado, contou à nossa reportagem que logo após receber um chamado na cela onde Leco estava, com a informação que havia um detento passando mal, os agentes chegaram lá e o preso relatou que não tinha sido espancado por ninguém, que estava apenas dormindo, onde acabou caindo e se batendo. Mesmo assim o indivíduo foi levado ao PS para atendimento. "Em nenhum momento ele disse que foi agredido", enfatizou o agente. Conforme o servidor, Alex foi chamado pelos agentes para falar de fato o que havia acontecido, pois se tivesse ocorrido o espancamento, iriam ser tomadas as providências necessárias. "Ele reafirmou que apenas tinha caído e se batido", contou Antônio. O atendimento foi realizado e foram constatadas algumas escoriações em Leco, que logo após retornou ao PEDP. 

O servidor explicou que ele está em uma cela com outros cinco detentos acusados do mesmo crime que ele é suspeito, e eles ficam separados dos presos acusados de outros crimes. O horário do banho de sol também é em horário diferente para evitar o contato e a repressão dos outros detentos. 

Reportagem: Elliézer Garcez
Jornalista Responsável: Marcelo Brum – MTB/RS 84.490 – FENAJ 8202
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios