NOTÍCIAS

Dom Pedrito – Vídeo postado em rede social envolvendo atendimento do Samu causa polêmica

Um vídeo que está circulando no Facebook desde a madrugada desta quarta-feira (7) está chamando bastante a atenção dos internautas e gerando bastante polêmica na rede. Trata-se do pedritense Lucas Colono, que ao avistar uma pessoa desacordada em via pública e acionar o serviço do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi informado pela central de atendimento que fica localizada em Bagé, de que a ambulância estaria no atendimento médico de uma criança e ainda não teria retornado. O jovem foi até a base do Samu com um amigo e se deparou com duas ambulâncias no local. A atendente relatou para ele que a ambulância já teria se deslocado para o atendimento que ele havia solicitado e neste momento Colono se exaltou e disse, "você está me chamando de mentiroso, pois estou na frente da garagem e tem duas ambulâncias aqui", a atendente disse que o veículo já teria se deslocado e Lucas voltou a afirmar que não e a profissional disse que iria averiguar a situação, momento em que o autor do vídeo finalizou a ligação, pois uma equipe estava saindo para atender a ocorrência de atendimento que ele havia solicitado. "Acredito eu, que a base de Bagé tenha passado a informação para Dom Pedrito de uma forma tardia. Após isso, entrei em contato com a enfermeira da unidade que é minha amiga pessoal e ela me relatou a situação, dizendo que uma das duas ambulâncias que vi na garagem estava estragada e que foi falha da central de Bagé", explicou. 

"Fui procurado por um integrante do Samu e afirmei para ele que não iria excluir o vídeo da rede e que minha intenção não era a de prejudicar ninguém, muito menos o pessoal daqui de Dom Pedrito. Eu seria muito hipócrita se reclamasse do serviço do Samu, pois muitas vezes precisei para atendimento do meu avô e eles prontamente atenderam. Quem falhou foi a base de Bagé para qual fiz a ligação. Eles falharam no momento em que demoraram a repassar a informação para Dom Pedrito", afirmou o  jovem. 

Contraponto
A reportagem do Portal Qwerty entrevistou Hildalcley Batista da Silva, coordenador e responsável técnico pelo Samu de Dom Pedrito, que explicou o que ocorreu de fato e como funciona o serviço. A unidade realizou um atendimento às 2h da madrugada de quarta-feira (7), na localidade da Cohab, onde um bebê estava passando mal e acabou sendo levado ao Pronto Socorro e o Samu retornado para a base às 2h20. Quando a equipe volta para a base, tem que ser feita uma higienização no veículo, para ele estar apto para o próximo atendimento. 

Quando está tudo pronto, a central de Bagé é acionada e informada que a equipe pedritense já retornou e se tiver outra ocorrência a central no mesmo momento informa, que a equipe de Dom Pedrito saia de imediato para realizar outro atendimento. "Foi exatamente o que ocorreu no vídeo do jovem, que chegou e se deparou com duas ambulâncias, sendo que uma delas está estragada e será mandada para concerto nos próximos dias e a outra tinha acabado de chegar do atendimento do bebê. No momento que ele chegou lá, nossa equipe tinha acabado de retornar e estava organizando o veículo para estar pronto para um eventual atendimento. A atendente da central de Bagé, disse que o último atendimento não teria sido completamente feito, pois quando chegamos na base e está tudo pronto, informamos para nossa central que retornamos do atendimento. Por ainda estarmos organizando o veículo para deixar tudo pronto, a central afirmou no telefonema que a unidade pedritense não teria voltado do atendimento, pois não tinha recebido nenhuma informação por parte nossa. A partir deste momento, por não conhecer como o sistema funciona e vendo que na garagem teria duas ambulâncias, mas sem saber que uma delas estava em processo de manutenção, o cidadão criou a crítica dele e acabou expondo na rede", explicou o coordenador. 

Há alguns dias, Hildalcley teria informado a comunidade em um programa de rádio local, que havia somente uma ambulância disponível e que a outra estaria sendo concertada nos próximos dias. "Convido a todos para sanar qualquer dúvida que a população tem, quanto a base do Samu de Dom Pedrito", enfatizou Hildalcley. Vale ressaltar, que ações desta natureza põe em risco a permanência da unidade em Dom Pedrito. 

O coordenador foi o mesmo que recentemente participou voluntariamente -fora do seu horário de expediente- de um atendimento no interior do município, juntamente com a Brigada Militar, onde acabaram resgatando uma mãe e um recém nascido. As condições das estradas eram péssimas, pois chovia muito naquele dia e em atitude heróica Hildalcley e os sargentos Honório e Éber, resgataram a mãe e o bebê. 
 

Reportagem: Elliézer Garcez
Jornalista Responsável: Marcelo Brum – MTB/RS 84.490 – FENAJ 8202
Setor de jornalismo: portal@qwerty.com.br

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios