Elliézer Garcez

546 POSTS 0 COMENTÁRIOS

Guarany de Bagé perde por 3 a 0 na Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho

(Foto: Daniel Heck/Folha do Mate)

Em partida realizada na tarde deste domingo (26), o Guarany de Bagé foi até Venâncio Aires para enfrentar o xará, Guarani de Venâncio Aires, na “Terra do Mate”. O resultado, derrota por 3 a 0, foi incontestável, em uma partida que o Guarany nada criou e apenas observou o adversário protagonizar as principais chances.

Logo nos primeiros minutos, o Guarani-VA, que buscava a primeira vitória na competição, propôs o seu ritmo de jogo. Em suas primeiras chegadas de ataque, encontrou o zagueiro Xandy, em excelente partida, no caminho. Mas a equipe do Vale Rio Pardo continuava a pressionar, e fazer o necessário: arriscar a gol.

Em meados dos 30 minutos, Sampson abre o placar para o time da casa. Em seguida, passados os 40, quem amplia é Nei. Assim, finalizando um primeiro tempo sofrível em parcial de 2 a 0.

Na etapa complementar, apesar de clara insatisfação do técnico Géverton Duarte com o desempenho do time, a equipe não conseguiu corresponder e continuava apática. Tanto que, em cruzamento na área alvirrubra, Carlão desvia errado de cabeça e o Guarani de Venâncio Aires fecha a conta com gol creditado a Danilo. 3 a 0.

A situação da equipe é delicada na competição e, mesmo com o apoio da torcida, que foi até Venâncio Aires, o Índio Guerreiro não venceu e foi envolvido pelos adversários. A próxima partida do Guarany é no próximo domingo, dia 2 de abril, em casa, contra o Santa Cruz.

Com golaço de Edgar Alemão, Guarany de Bagé vence o Aimoré em casa

O Guarany de Bagé, empurrado por sua torcida, conseguiu a sua primeira vitória na Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho na noite desta quarta-feira (23), no Estádio Estrela D’alva. A torcida cantou e empurrou o time durante todo o jogo.

A primeira etapa do jogo foi de domínio praticamente total do Aimoré, que exigiu do bom goleiro Anderson, da equipe de Bagé, excelentes defesas. Mesmo com a pressão da equipe adversária, no final do primeiro tempo, em um bate rebate na área do Aimoré, o Guarany quase abriu o placar.

No segundo tempo, o Índio Guerreiro veio com uma postura totalmente diferente e pressionou o Aimoré, inclusive tendo um gol anulado – o que gerou muita revolta por parte dos jogadores e dos torcedores no estádio. Mesmo com o gol anulado, o Guarany seguiu cada vez mais forte com sua pressão sobre o Aimoré quando, aos 39 minutos da segunda etapa, Edgar Alemão chutou de fora da área e marcou um golaço para a equipe da casa, levando a torcida bageense ao delírio.

O Aimoré ainda teve o jogador Patric expulso. Ele entrou no segundo tempo e tomou dois cartões amarelos por reclamação.

O próximo confronto do Guarany é contra o Guarani de Venâncio Aires. O jogo será no domingo (26), no Estádio Edmundo Feix, às 16h. A equipe de Bagé está na 6ª posição do Grupo A da Divisão de Acesso, seguida por Santa Cruz (7º) e Guarani de Venâncio Aires (8º).

O Guarany jogou com: Anderson, Xandi (Carlão), Brunello, Brito e Jean Lemos; Cristian, Maicol, Lukas Brambilla (Alan Bald) e Juninho Botelho (Sapata); Edgar Alemão e Michelzinho.

Guarany joga contra o Aimoré na noite de hoje; equipe de Bagé precisa vencer

O Guarany ainda não venceu na Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho e hoje (22), tem uma dura batalha no Estádio Estrela D’alva. A equipe do técnico Géverton Duarte, que está na lanterna do grupo A, joga contra o Aimoré às 20h. Os bageenses ainda não venceram na competição. O Índio Guerreiro tem dois empates e duas derrotas nos quatro jogos que já disputou.

O time vive um momento totalmente diferente do que viveu no ano passado, porém a torcida acredita em uma reação e tem cobrado bastante a equipe para que o resultado positivo chegue logo. Nas redes sociais, a ideia é que o estádio fique lotado para empurrar o time do início ao fim da partida.

Os ingressos antecipados estão sendo vendidos na Praça do Coreto com o vereador Bocão, pelo valor de R$ 20,00. Para idosos, o ingresso custa R$ 10,00. No momento do jogo, o valor sobe um pouco, estando a R$ 30,00. A bilheteria do estádio abre às 18h.

Guarany de Bagé consegue empate heroico na Boca do Lobo, contra o Pelotas

(Foto: Henrique König)

O Guarany retornou ao Estádio Boca do Lobo, depois de seis anos, para enfrentar o Pelotas; inclusive com a presença da torcida organizada Índio Guerreiro. O que se viu no jogo foi um alvirrubro com muito coração, que saiu perdendo por dois gols de diferença e foi buscar de forma heroica o empate.

Mal saiu a bola, com 50 segundos de jogos, e o jogador Nícolas acertou um belo chute de longe, marcando um golaço, sem chances para o goleiro Anderson.

Após o gol, o Pelotas seguiu um pouco melhor até os 20 minutos, mas sem nenhum lance de grande perigo. Depois, na segunda metade da etapa, o Guarany melhorou em campo e chegou mais vezes à frente. Na segunda etapa, o Pelotas ampliou. Brasão recebeu de costas, girou e bateu cruzado no canto.

A partir deste momento, o que se viu em campo foi o costumeiro e guerreiro índio da Fronteira. Aos 38 minutos, o jogador Heitor, do Pelotas, interceptou bola do Guarany com a mão. O juiz marcou pênalti e expulsou o jogador. Léo Jaques colocou no canto e Rafael Dal Ri pulou para o outro.

Com tempo ainda para igualar o marcador, o time de Géverton Duarte se jogou para frente e cinco minutos depois, mais um pênalti a favor do Guarany, novamente por bola na mão dentro da área. Léo Jaques, mais uma vez, foi o cobrador e converteu, na comemoração alvirrubra, o goleiro do Pelotas Rafael Dal Ri foi expulso por iniciar uma confusão no gramado.

O autor dos gols alvirrubros também tomou o vermelho. Como já tinha feito as três trocas, o Pelotas precisou colocar um jogador de linha em baixo das traves. Porém, o placar não foi mais alterado. Mesmo com o empate, o Guarany segue na 8ª posição do grupo 2 e está na lanterna, com o mesmo número de pontos do Guarani de Venâncio.

A próxima partida é contra o Aimoré, em casa, na quarta-feira. O jogo está programado para 20h30 e é imprescindível a presença da torcida. O clube vem apresentando visíveis melhoras e só com o apoio dos torcedores será possível melhorar ainda mais na tabela.

O Guarany jogou com Anderson, Rodrigo Vareta (Brito), Brunello, Xandy e Jean; Cristian, Wellington, Juninho Botelho e Michelzinho (Lukas Brambilla); Edgar Alemão e Renan Guerra (Léo Jaques).

Ascom – Guarany de Bagé

Inscrições abertas para rústica que acontece neste domingo em Dom Pedrito

A Assessoria de Esportes, em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, realizará a Corrida Rústica – Dia da Mulher 2017, neste domingo, às 9h30. As inscrições estão abertas e podem ser realizadas na sede da Assessoria de Esportes ou clicando aqui.

As inscrições têm um valor de R$ 5,00, que devem ser pagos no momento da concentração. A arrecadação será totalmente destinada à Liga Feminina de Combate ao Câncer.

As categorias são:

– 5 a 7 anos (Infantil – uma volta na Praça)

– 8 a 10 anos (Infantil – uma volta na Praça)

– 11 a 15 anos (Infantil – duas voltas na Praça)

– 16 a 20 anos

– 21 a 30 anos

– 31 a 40 anos

– 41 a 50 anos

– 51 a 60 anos

Jantar-baile do Comércio chega à sua 10ª edição neste sábado

Está chegando a hora de mais uma edição do tradicional Jantar-Baile do Comércio, que chega à sua 10ª edição, desta vez em benefício da segurança pública de Dom Pedrito. O evento acontece neste sábado (11), a partir das 20h30, no Dom Pedrito Country Clube. O evento será abrilhantado pela banda Clave de Prata, da cidade de Santa Cruz.

A organização informa que para a janta e o baile, a mesa está sendo vendida por R$ 320,00. A CDL, juntamente com o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) de Dom Pedrito, decidiu que também irá vender mesas só para o baile, que iniciará às 23h. O valor da mesa só para o baile é R$ 160,00 ou R$ 40,00 por pessoa. Vendas de convites e mesas na Qwerty ou na CDL, pelo telefone 3243-3306.

Confira o cardápio que será servido durante a janta: Arroz; Frutas; Grelhados (entrecot; cordeiro; frango); Molho Madeira – 4 queijos; Lasanha de Camarão; tortas frias; saladas variadas. Além da janta, haverá um grande buffet com mais de 20 variedades de doces.

Durante o evento, também será escolhida a Rainha do Comércio pedritense, como tradicionalmente acontece. As candidatas são:

Kassandra Pacheco, 16 anos, representa Atis Imobiliária;

Gabrieli Ávila de Souza, 16 anos, representando a Loja Recanto Jovem Calçados;

Ana Carolina Cunha, 15 anos, representando Garajão Auto Peças;

Carla Beatriz Cabral, 18 anos, representando a empresa A Firma;

Letícia Machado, 16 anos, representando a empresa JV Baterias;

Carolina Aguiar Alves Teixeira, 17 anos, representando a Frutiroselândia.

 

Vice-presidente do Guarany de Bagé fala sobre a equipe montada para 2017

Antes do jogo entre Guarany de Bagé e São Gabriel, pela Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho, na tarde de ontem (5), o vice-presidente do Guarany, Celso Ávila, concedeu uma entrevista à reportagem da Qwerty Portal de Notícias, onde disse estar bastante otimista com o que estar por vir nesta temporada para o Índio Guerreiro de Bagé.

Segundo Celso, a diretoria de futebol do clube, procurou montar uma equipe qualificada para a disputa do campeonato estadual que teve início ontem. “Montamos uma equipe dentro de nossas condições financeiras e acredito que o Guarany, por ser uma equipe de tradição, que tem uma camisa pesada e por ser um time que mostra medo aos adversários, tem tudo para fazer uma excelente campanha neste ano”, acredita Ávila.

Como reforços para esse ano, Celso destaca os seguintes nomes: Michelzinho, meia-atacante e capitão da equipe, vindo do Lajeadense; Rodrigo Vareta, lateral-direito, com passagens por diversas equipes de ponta de elite do futebol gaúcho; Brito, zagueiro experiente vindo da Bahia, com passagens por diversas equipes que disputam o Campeonato Brasileiro série B; Xandy, zagueiro que retorna à equipe e chega nesta segunda-feira a Bagé para iniciar os treinos no clube. “Também tem os demais, que agregam muita qualidade na equipe, como Juninho Botelho, jogador que jogou durante cinco anos no Grêmio de Porto Alegre, foi aproveitado em Copa do Brasil e Brasileirão, nos anos de 2006, quando acabou indo embora do País, indo jogar na Europa”, acrescenta.

Como primeiro objetivo da equipe, Celso destaca ter um bom desempenho na fase classificatória e classificar a equipe para as quartas de finais, evitando, assim, o risco do rebaixamento. “Classificando para a próxima fase, temos o objetivo de sermos campeões, obtermos o prêmio maior da competição”, frisa Celso, enfatizando que se tudo der certo, o Guarany vai, segundo ele, ‘incomodar’ na competição.

Há 10 anos o Guarany não disputa a série A do Gaúchão e agora a equipe busca a tão sonhada volta à elite do futebol gaúcho. O Índio Guerreiro subiu em 2006, permaneceu em 2007 e caiu em 2008. E se depender da direção, do empenho dos jogadores e da torcida, que empurra o time durante todo o jogo, cantando sem parar, o Guarany tem tudo para fazer um grande ano no Campeonato Gaúcho.

Ontem, a vitória não veio, mas o Guarany foi superior ao São Gabriel no segundo tempo, tendo chance de empatar o jogo por diversas vezes durante a partida. O resultado foi 2 a 1 para o São Gabriel, mas a equipe do técnico Geverton Duarte mostrou muita qualidade no segundo tempo, principalmente os jogadores Alan Bald, Vareta e Michelzinho – esse último, apesar de perder um pênalti, se movimentou bastante e criou boas jogadas para sua equipe.

Os próximos confrontos do Guarany são os seguintes: 

Inter de Santa Maria x Guarany de Bagé – Presidente Vargas – 12/3/2017 – 17h;

Guarany de Bagé x Avenida – Estrela D’Alva – 15/3/2017 – 20h30;

Pelotas x Guarany de Bagé – Boca do Lobo – 19/3/2017 – 17h;

Guarany de Bagé – Aimoré – Estrela D’Alva – 22/3/2017 – 20h30;

Guarani de Venâncio Aires x Guarany de Bagé – Edmundo Feix – 26/3/2017 – 16h;

Guarany de Bagé x Santa Cruz – Estrela D’Alva – 02/4/2017 – 16h;

Santa Cruz x Guarany de Bagé – Dos Plátanos – 09/4/2017 – 16h;

Guarany de Bagé x Guarani de Venâncio Aires – Estrela D’Alva – 16/4/2017 – 16h;

Aimoré x Guarany de Bagé – Cristo Rei – 19/4/2017 16h;

Guarany de Bagé x Pelotas – Estrela D’Alva – 23/4/2017 16h;

Avenida x Guarany de Bagé – Dos Eucaliptos – 26/4/2017;

Guarany de Bagé x Inter de Santa Maria – Estrela D’Alva – 30/4/2017;

São Gabriel x Guarany de Bagé – Sílvio Farias – 07/5/2017.

Guarany de Bagé estreia com derrota na divisão de acesso do Campeonato Gaúcho

O Guarany de Bagé estreou com derrota na primeira rodada da divisão de acesso (série B) do Campeonato Gaúcho. A equipe perdeu por 2 a 1 para o São Gabriel na tarde deste domingo (5), no Estádio Estrela D’alva.

Diante a um bom público que foi prestigiar a estreia do “Índio Guerreiro”, como o Guarany é chamado, a torcida viu um primeiro tempo apático da equipe do técnico Géverton Duarte, quando logo nos primeiros minutos de jogo, em uma bola cruzada na área do Guarany, o camisa 10 do São Gabriel, Rilber, cabeceou e marcou o primeiro gol para a equipe visitante, para a festa dos pouquíssimos torcedores do São Gabriel que se faziam presentes no estádio. Alguns minutos depois, após outro cruzamento para a área do Guarany, a bola sobrou na entrada da área para o meia João Felipe ampliar o placar para a equipe do São Gabriel num lindo gol.

O primeiro tempo acabou sem a equipe de Bagé encontrar o rumo do gol, o que acabou gerando um descontentamento do técnico do Guarany, que exigiu mudanças na postura do seu time para o segundo tempo.

Na segunda etapa, o Guarany voltou com mais posse de bola, corrigiu o problema do lado esquerdo do campo, onde o São Gabriel havia criado suas melhores jogadas no primeiro tempo, e logo encontrou o primeiro gol marcado pelo seu camisa 9, Alan Bald, para a festa dos torcedores que cantavam sem parar, empurrando o Índio Guerreiro.

Aos 30 minutos, mediante a uma pressão constante, o camisa 11 do Guarany, Michelzinho, acabou desperdiçando um pênalti, que seria o empate da equipe. A pressão continuou, mas o São Gabriel se fechou e garantiu três pontos já na primeira partida da divisão de acesso do Campeonato Gaúcho.

Em entrevista à reportagem da Qwerty Portal de Notícias, o meia João Felipe, autor do segundo gol do São Gabriel, comemorou a vitória. “Atingimos a expectativa. O grupo está trabalhando junto, sabemos das nossas limitações, como bem sabemos da nossa capacidade. Taticamente e com muita voluntariedade estamos atingindo nossos objetivos”, disse o jogador.

Pelo lado do Guarany, o autor do gol, Alan Bald, lamentou a derrota que, segundo ele, veio no primeiro tempo. “A primeira etapa foi muito abaixo, não foi nossa equipe que teve em campo. Na segunda tempo a gente ajustou principalmente o lado esquerdo, onde a equipe do São Gabriel estava entrando. Fomos ofensivos, fomos nossa equipe mesmo e por um detalhe não saímos com o empate. Errar pênalti acontece, mas pelo que todos viram, o empate era o mínimo que merecíamos”, finalizou Bald.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS POPULARES