NOTÍCIAS

Aplicação do agrotóxico 2,4-D será suspensa no Rio Grande do Sul até o fim do ano

A decisão foi tomada nessa terça-feira (3) em uma reunião na Secretaria Estadual da Agricultura.

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

O governo do estado do Rio Grande do Sul suspendeu temporariamente a utilização do agrotóxico 2,4-D até o dia 31 de Dezembro, decreto que pode ser anulado caso os fiscais estaduais agropecuários encerrem a greve até o fim do mês.

A resolução será publicada no Diário Oficial do Estado nessa quarta-feira (4). A medida foi tomada em decorrência da greve dos fiscais agropecuários que teve inicio na terça-feira (26) e pela confirmação de novos casos de deriva.

Dom Pedrito foi a segunda cidade com mais casos de deriva, com 7, atrás apenas de Jaguari. Dos municípios com laudos positivos, 16 estão incluídos nas instruções normativas publicadas neste ano para tentar estancar o problema.

Para o produtor pedritense Valter José Pötter, a medida é importante porque ainda têm aplicações do produto sendo feitas no Estado, mas acabou vindo muito tarde – já que quase 80% da safra de soja já foi semeada.

– Além disso, a suspensão teve foco errado. Deveria ter sido pelo alto índice de contaminação, e não pela greve dos fiscais agropecuários – criticou Pötter.

Municípios com laudos positivos:

Bagé, Bom Jesus, Cacequi, Cachoeira do Sul, Candiota, Caseiros, Dilermando de Aguiar, Dom Pedrito, Entre Ijuís, Hulha Negra, Itaqui, Ibiaçá, Jaguari, Jari, Lavras do Sul, Maçambará, Mata, Minas do Leão, Nova Esperança do Sul, Paulo Bento, Pirapó, Pinhal da Serra, Pinheiro Machado, Piratini, Protásio Alves, Rodeio Bonito, Ronda Alta, Santa Maria, Santana do Livramento, Santiago, Santo Ângelo, Santo Antônio das Missões, São Borja, São João do Polêsine, São Sepé, Sarandi, Silveira Martins, Sobradinho, Toropi, Vacaria e Viadutos.

Fonte:Gaúcha ZH.

Por:Antônio Pedro Soares.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios