- DestaquesNOTÍCIAS

Caso Vera Lúcia terá transmissão ao vivo pela Qwerty

Na próxima quinta-feira (14), Leopoldino de Lima Moraes será julgado por homicídio, ocultação de cadáver e posse de arma. Mais uma vez a qualidade de áudio e vídeo que você já conhece estará na palma de sua mão

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

De começo, um suposto caso de desaparecimento de uma mulher. Em maio de 2018, fotos foram divulgadas na imprensa. Os meses foram passando sem que Vera Lúcia fosse encontrada. Novas linhas de investigação foram adotadas e algumas diligências foram realizadas pela Polícia Civil de Dom Pedrito. A possibilidade de homicídio começou a ser cogitada e o ex-companheiro, Leopoldino de Lima Moraes apareceu como principal suspeito.

Após quase um ano de investigações, em 14 de maio de 2019, um Mandado de Buscas foi cumprido na residência do então suspeito. Foi uma das maiores ações já realizadas em Dom Pedrito e contou com a participação do Instituo Geral de Perícias, Exército Brasileiro, através da 3ª Cia E Cmb Mec, Corpo de Bombeiros local, Corpo de Bombeiros de Santa Maria, que trouxeram dois cães farejadores.

Depois de aproximadamente seis horas de trabalho, finalmente o corpo de Vera Lúcia foi encontrado enterrado dentro de um cômodo na casa de Leopoldino, encerrando uma etapa de um caso que chocou a comunidade pedritense.

Um dia depois, em 15 de maio de 2019, ele teve a prisão preventiva decretada e no final da mesma tarde Leopoldino se entrega à polícia, acompanhado por seu advogado. Em suas primeiras palavras, ele assumiu a autora do crime.

Leopoldino foi pronunciado homicídio de Vera Lúcia Severo Lemos, qualificado pelo motivo torpe, recursos que dificultou a defesa da vítima e condição de gênero feminino, ocultação de cadáver e posse de arma de fogo.

Transmissão ao vivo.

A Qwerty Portal de Notícias estará presente em mais este julgamento. O Tribunal do Júri é uma reunião pública, ou seja, qualquer pessoa pode assistir os trabalhos, mas para quem não puder se fazer presente, existe a opção de se conectar através de nossas plataformas.

Além da comunidade em geral, estudantes da área do direito e advogados podem acompanhar todas as etapas deste julgamento que promete ser um dos mais importantes do ano.

Serão três câmeras com qualidade HD, link de internet de fibra ótica com servidor próprio, tudo para levar a melhor experiência ao telespectador.

Para quem não é habituado aos rituais jurídicos, a transmissão terá ainda cometários e explicações do advogado Sérgio Roberto Vieira.

Fique ligado a partir das 9h da próxima quinta-feira e saiba tudo sobre julgamento do caso Vera Lúcia.

Acompanhe em nossas redes sociais:

 
 
 

Notícias relacionadas

Marcar também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios