- DestaquesNOTÍCIAS

Funcionária responsável por fraude no Bolsa família é afastada

Após sindicância, Executivo municipal afastou servidora e encaminhou o processo à Polícia Federal

Textos, fotos e vídeos do Portal Qwerty estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral, sendo vedada a reprodução em qualquer meio de comunicação sem autorização prévia.

Em abril deste ano, uma situação grave veio à tona. Uma suspeita de fraude no cadastro do Bolsa Família acendeu um alerta dentro da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social. Uma pessoa que trabalhava nesta pasta teria utilizado o CPF de uma colega para registrar no programa social e receber o subsídio.

A pessoa teria incluído o CPF da outra funcionária quatro vezes como beneficiária do Programa Bolsa Família, do Governo Federal, para receber uma quantia de 300 reais. O valor já estaria sendo retirado há algum tempo quando o problema foi descoberto.

Uma pessoa que trabalhava nesta pasta teria criado cadastros utilizando se de documentos de outras pessoas. Inicialmente foram descobertos 4 cadastros, no decorrer da investigação esse número chegou a 12 cadastros, sendo que 8 com benefícios sendo sacados.
Em alguns cadastros alterados a pessoa ao fazer as alterações colocou como responsável pela atualização do cadastro o nome e CPF de colegas.

Uma sindicância foi aberta para investigar a situação internamente. Após quase cinco meses de apurações, o secretário de Governo, Daniel Brum Soares, confirmou que o processo interno já foi encerrado e tudo indica que a irregularidade realmente tenha ocorrido e que a pessoa ou pessoas envolvidas nesta fraude já foram afastadas de suas funções dentro da Prefeitura.

Ele também contou que todas as informações apuradas pelo Poder Executivo foram repassadas para a Polícia Federal que irá conduzir as investigações deste caso na esfera criminal.

Notícias relacionadas

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere nos ajudar desabilitando o adblocker no seu navegador.